Home/Curiosidades/10 curiosidades sobre o Dia do Trabalho

10 curiosidades sobre o Dia do Trabalho

abril 29th, 2010|Curiosidades|25 Comments


No dia 1º de maio, comemora-se o Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador, como forma de celebrar as conquistas dos trabalhadores ao longo da história. Nessa mesma data, em 1886, ocorreu uma grande manifestação de trabalhadores na cidade de Chicago, nos Estados Unidos. Esta lista vai mostrar algumas curiosidades relacionadas ao Dia do Trabalho. E viva o trabalho 🙂

Gostaria de agradecer a colaboração de Lilian Nascimento, da Agência Ideal, e do professor Ricardo Sayeg, do Colégio Paulista (COPI), que contribuíram com informações para que a lista fosse criada.

Desenho do protesto entre os trabalhadores de Chicago

– Em Chicago, milhares de trabalhadores protestavam contra a enorme carga horária pela qual eram submetidos, ou seja, 13 horas diárias. A proposta era reduzir para 8 horas diárias, como é hoje (geralmente…).

– Além da diminuição da carga horária, os trabalhadores também exigiam descanso semanal remunerado e um período anual de férias, direitos trabalhistas que ainda não existiam na época.

– A escolha da data de 1° de maio ocorreu para homenagear os trabalhadores mortos pela repressão policial nos Estados Unidos. No entanto, as mortes só passaram a ocorrer a partir do dia 03 de maio.

– Apesar da escolha da data ter sido feita por membros da Segunda Internacional Socialista, os oito organizadores das manifestações eram militantes anarquistas, não socialistas.

– Os organizadores das manifestações foram denominados Mártires de Chicago. No monumento erguido a eles, estava o seguinte epíteto: “Um dia nosso silêncio será mais forte que as vozes que hoje vocês estrangulam”.

 Desenho das exigências dos trabalhadores de Chicago

– Em 23 de Abril de 1919, o senado francês proclamou feriado nacional no dia 1° de Maio. Em 1920, foi a vez da União Soviética. Aqui no Brasil, o primeiro de maio é comemorado desde o ano de 1925.

– Os Estados Unidos não comemoram o Dia do Trabalho no dia 1° de maio, e sim na primeira segunda-feira de setembro. Na Austrália comemora-se a data em duas ocasiões: na parte ocidental, em 04 de março e, na parte meridional, em 07 de outubro.

– Em 1940, o presidente Getúlio Vargas utilizou o 1° de maio para anunciar o novo salário mínimo. Em 1941, a data foi usada para marcar a criação da Justiça do Trabalho, que visava resolver os conflitos existentes entre os trabalhadores e seus patrões.

– Como Vargas utilizava a data para apresentar boas notícias aos trabalhadores, a data perdeu seu sentido original. Até então marcado por piquetes e protestos, o Dia do Trabalhador passou a ser comemorado com festas populares, desfiles e celebrações similares.

– Mesmo sendo um feriado nacional no Brasil, a Bahia ficou 55 anos sem comemorar a data porque os governantes acreditavam que era uma contradição não trabalhar no dia do Trabalho.

25 Comments

  1. PutzGraça!!! 30 de abril de 2010 at 20:26 - Reply

    A Bahia, por 55 anos, protestou por achar paradoxo não trabalhar no Dia do Trabalho. Depois mudou, passou a não trabalhar nos outros 364.

  2. Andreia Christina 30 de abril de 2010 at 20:33 - Reply

    Olá,Michel!

    Parabéns!!!

    Achei excelente as curiosidades sobre o Dia do Trabalho,e claro que eu concordo com as comemorações dessa data!
    Outra…estou boquiaberta com a informação de que Estado da Bahia,levou 55 anos para "aderir" as comemorações??

    E mais uma vez…

    Parabéns,o seu blog continua uma referência…
    Beijo grande
    Déia

  3. José Paulo Dal Toé Pozzobon 30 de abril de 2010 at 20:42 - Reply

    como eles homenageiam o dia do trabalhador??
    Com um feriado…
    eta trabalhadores!!

  4. Murilo Patricio 1 de maio de 2010 at 12:17 - Reply

    interessante (: pena que não caiu em dia de semana :/ se caísse iria ter aula? IUAHIUAHAIHIUA

  5. Prof_Michel 2 de maio de 2010 at 20:20 - Reply

    Déia, valeu pelo carinho 🙂
    Murilo, provavelmente não…

  6. Cybele Meyer 3 de maio de 2010 at 12:53 - Reply

    Olá Michel,

    Muito bom!
    Muito bom mesmo!
    Adorei a frase: "Um dia nosso silêncio será mais forte que as vozes que hoje vocês estrangulam".
    Ótima semana pra você.
    bjs

  7. Prof_Michel 3 de maio de 2010 at 13:53 - Reply

    E quem não gosta de ouvir uma frase de efeito como essa, né Cybele?

  8. Livia C. e Rafa B. - Uru-8° 7 de maio de 2010 at 9:50 - Reply

    Que gafes:
    – A escolha da data de 1° de maio ocorreu para homenagear os trabalhadores mortos pela repressão policial nos Estados Unidos. No entanto, as mortes só passaram a ocorrer a partir do dia 03 de maio.

    – Apesar da escolha da data ter sido feita por membros da Segunda Internacional Socialista, os oito organizadores das manifestações eram militantes anarquistas, não socialistas.

    hehehehehee

    Muito interessante essas curiosidades sobre o dia do trabalho, ficou legal

  9. Luisa 7 de junho de 2011 at 12:47 - Reply

    Muito bom essas curiosidades professor.
    Luisa Serafim

  10. vanessa 24 de abril de 2012 at 11:14 - Reply

    A quem nao acha que o bahiano nao trabalha eu digo:somos fortes,lutadores e guerreiros.

  11. Lucas Guns 30 de abril de 2012 at 13:19 - Reply

    Parabéns ao post! não sabia nadinha sobre isso ai 🙂

  12. Josete 2 de maio de 2012 at 11:30 - Reply

    Oi Michel!
    Achei essa história interessante e mencionei no meu blog Informática Educativa. Na verdade queria atualizar meu blog e estava sem ideias…Sabe, muitos compromissos de trabalho. Veja lá como ficou. Obrigada,

  13. Klaus do iate 27 de abril de 2013 at 12:39 - Reply

    Mesmo sendo um feriado nacional no Brasil, a Bahia ficou 55 anos sem comemorar a data porque os governantes acreditavam que era uma contradição não trabalhar no dia do Trabalho

    ISSO é Hilário.

  14. Klaus do iate 27 de abril de 2013 at 12:40 - Reply

    Os EUA são terriveis com seu povo. Os caras não deram o braço a torcer e comemoram o massacre dos grevistas ocorrido no seu solo em data diferente enquanto outros países lembram melhor os trabalhadores americanos mortos.

  15. Klaus do iate 27 de abril de 2013 at 12:45 - Reply

    Na Europa Antiga, dominada por povos celtas, já havia festejos nesta data (1o de Maio) porque marcava o fim do inverno no Hemisferio Norte. Era o festival Beltaine (fogueiras do deus Bel), quando se comemorava o retorno da fertilidade da Terra e a promessa de expansão dos rebanhos. Os casais humanos, empolgados com a festa e o retorno da Primavera, comemoravam à altura. E se acendiam grandes fogueiras à noite. Era um dia para outros trabalhos…

  16. Fernando 28 de abril de 2013 at 10:19 - Reply

    Na verdade é “Dia do trabalho” ou “Dia do trabalhador”?
    Quando se diz “… do trabalho”, tenta-se exaltar mais o trabalho do que o trabalhador, o que, na minha opinião é errado e pode ser um dos motivos de os governantes baianos terem feito essa bobagem.

    • Michel Goulart 28 de abril de 2013 at 11:20 - Reply

      Não há como pensar o trabalho sem a relação dialética com o trabalhador. Logo, acredito que os dois estão corretos.

  17. Viviane 28 de abril de 2013 at 23:03 - Reply

    PARA QUEM ACHA QUE BAIANOS NÃO TRABALHAM… A Bahia é um local que dependendo das regiões o trabalho é escasso, muitas pessoas ali passam fome por não ter como sustentar sua família, aqueles que por sorte conseguem um ganha pão é sempre serviço pesado, trabalhando debaixo de sol e chuva, correndo risco de vida e saúde. Se estes não trabalham é simplesmente pela falta do mesmo e não por preguiça, uma vez que a maioria deles trabalham apenas em serviços pesados.

  18. maria luiza 29 de abril de 2014 at 8:53 - Reply

    🙂

  19. maria luiza 29 de abril de 2014 at 8:53 - Reply

    <3

  20. WILSON GLÓRIA DINIZ 1 de maio de 2014 at 11:54 - Reply

    Muito obrigado, Professor! Muito instrutivo! Cultura vindo de uma fonte confiável, isso é raro aqui! Parabéns!

  21. marlene giorni 1 de maio de 2014 at 12:01 - Reply

    muito bom

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.