Home/Infográficos/Infográfico: peregrinação islâmica a Meca

Infográfico: peregrinação islâmica a Meca

fevereiro 19th, 2013|Infográficos|6 Comments


Neste infográfico, você vai ver como ocorre a peregrinação de muçulmanos a Meca. Esta peregrinação é prevista na sharia, lei islâmica de obediência aos cinco pilares do islão, dentre os quais a visita à Meca ao menos uma vez na vida.

Para aumentar seus conhecimentos sobre a cultura e religião islâmica, leia o resumo sobre o Islamismo Árabe. Em seguida, faça o quiz e assista às teleaulas sobre o tema.

Para acessar o infográfico, clique na imagem abaixo

Meca durante a peregrinação islâmica

6 Comments

  1. Klaus do Iate 21 de fevereiro de 2013 at 8:44 - Reply

    E por que Jerusalem também é cidade sagrada para islâmicos? Uma vez li que era por que acreditam que Mohamed subiu aos cèus lá? É este o motivo? O túmulo do Profeta é conhecido?

    • Michel Goulart 21 de fevereiro de 2013 at 15:04 - Reply

      Acredito que o túmulo não é conhecido. Até porque o corpo subiu aos céus. De qualquer forma, é diferente do sepulcro de Cristo.

  2. Klaus do Iate 23 de fevereiro de 2013 at 22:04 - Reply

    Por que Meca é mais sagrada que Yatrib/Medina para os islâmicos? Mohamed nao saiu corrido de lá? Meca era uma especie de Delfos para toda Arábia antes de Mohamed?
    Por que Mohamed arrasou todos os ídolos na Caaba de Meca ,mas manteve o culto à Pedra Negra? A Pedra Negra é uma rocha vulcânica de origem terrestre ou é um meteorito?

    • Michel Goulart 24 de fevereiro de 2013 at 15:36 - Reply

      Eu acho que é de origem vulcânica, mas muitos creem que é um presente de Alá. Meca é algo como o Templo de Salomão, um local dominado por ídolos pagãos, mas que foi purificado por um salvador.

  3. Klaus do Iate 25 de fevereiro de 2013 at 8:04 - Reply

    Em Heliopolis, Egito , os caras adoravam uma pedra negra pontuda, o Ben-Ben, considerada esperma do falo de Rá, ou coisa assim. E daí a lenda da ave de fogo que ressuscita Benu/Fênix, um dos símbolos do Sol.
    Em Pafos, Chipre, centro do culto a Afrodite, que nasceu do pênis de Kronos (Céu) lançado ao mar, segundo mito, também idolatravam uma pedra. Em Betel, Israel atual tb, uma pedra similar a um consolo representava Asherah.
    E em algum lugar da Anatolia, centro do culto a Cibele/Kubaba (a semelhança com Kaaba chama atençao?) também esta deusa era cultuada na forma de uma pedra pontuda, esta realmente de origem metorítica.
    A questao é muita coincidencia pra ser coincidência. A pedra fálica original deve realmente ter sido um meteorito faliforme, caído no mar, as pedras representando as outras deusas poderiam ser de origem terrestre vulcânica.
    No caso específico da Arábia pre-islamica, o estudo deve ser muito dificil porque o Islam é uma religião viva , poderosa que não curte muito a relaçao que possa ter com religiões pregressas, exceto “os povos do Livro”.
    Mas não me espantaria de uma relação da Pedra Negra da Kaaba com Astarte.

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.