Questão: Ditadura e Comissão da Verdade

Home » Questões » Questão: Ditadura e Comissão da Verdade

Na prova do Enem 2014, tente resolver esta questão sobre o papel da Comissão Nacional da Verdade (CNV) nas investigações dos fatos ocorridos durante a Ditadura Militar Brasileira. A resolução está logo abaixo da questão, com comentários e habilidades cobradas na prova, assim como o resumo que você deve ler para aprofundar neste tema.

Questão: Ditadura e Comissão da Verdade

A Comissão Nacional da Verdade (CNV) reuniu representantes de comissões estaduais e de várias instituições para apresentar um balanço dos trabalhos feitos e assinar termos de cooperação com quatro organizações. O coordenador da CNV estima que, até o momento, a comissão examinou, “por baixo”, cerca de 30 milhões de páginas de documentos e fez centenas de entrevistas.
Disponível em: www.jb.com.br. Acesso em: 2 mar. 2013 (adaptado).

A notícia descreve uma iniciativa do Estado que resultou da ação de diversos movimentos sociais no Brasil diante de eventos ocorridos entre 1964 e 1988. O objetivo dessa iniciativa é

a) anular a anistia concedida aos chefes militares.
b) rever as condenações judiciais aos presos políticos.
c) perdoar os crimes atribuídos aos militantes esquerdistas.
d) comprovar o apoio da sociedade aos golpistas anticomunistas.
e) esclarecer as circunstâncias de violações aos direitos humanos.

[toggle title=”Confira a resolução ;)”]

Resposta: E

Habilidade: Analisar a importância dos valores éticos na estruturação política das sociedades.

Resolução: A Comissão Nacional da Verdade, implementada no Brasil durante o governo da presidente Dilma Rousseff, tem como finalidade esclarecer as circunstâncias de violações aos direitos humanos ocorridas entre os anos de 1946 e 1988, com notória atenção ao período do Regime Militar (1964-1985).

Resumo: Ditadura Militar

[/toggle]

By | 2015-10-23T16:43:10+00:00 23 de outubro de 2015|Categories: Questões|Tags: , , , , |1 Comment

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

One Comment

  1. Edna Alves dos Santos 19 de Janeiro de 2016 at 11:09

    ‘Antes tarde do que nunca…’

Leave A Comment