Home/Questões/Questão: Tropeirismo

Questão: Tropeirismo

dezembro 29th, 2011|Questões|5 Comments


Na prova do Enem 2010, tente resolver esta questão sobre os tropeiros  e o tropeirismo, durante o período colonial brasileiro. A resolução está logo abaixo da questão, com comentários e habilidades cobradas na prova.

Tropeiros andando a cavalo

Para ter mais informações sobre este exame nacional, dê uma olhada no post Tudo sobre o Novo Enem.

Esta questão aborda o Ciclo da Mineração, da ação dos tropeiros no século XVIII. Para conhecer mais sobre o período e contexto em que ocorreu o tropeirismo, leia o resumo sobre o Ciclo da Mineração.

Questão

Questão 19:

Os tropeiros foram figuras decisivas na formação de vilarejos e cidades do Brasil colonial. A palavra tropeiro vem de “tropa” que, no passado, se referia ao conjunto de homens que transportava gado e mercadoria. Por volta do século XVIII, muita coisa era levada de um lugar a outro no lombo de mulas. O tropeirismo acabou associado à atividade mineradora, cujo auge foi a exploração de ouro em Minas Gerais e, mais tarde, em Goiás. A extração de pedras preciosas também atraiu grandes contingentes populacionais para as novas áreas e, por isso, era cada vez mais necessário dispor de alimentos e produtos básicos. A alimentação dos tropeiros era constituída por toucinho, feijão preto, farinha, pimenta-do-reino, café, fubá e coité (um molho de vinagre com fruto cáustico espremido). Nos pousos, os tropeiros comiam feijão quase sem molho com pedaços de carne de sol e toucinho, que era servido com farofa e couve picada. O feijão tropeiro é um dos pratos típicos da cozinha mineira e recebe esse nome porque era preparado pelos cozinheiros das tropas que conduziam o gado.
(Disponível em http://www.tribunadoplanalto.com.br. Acesso em: 27 nov. 2008).

A criação do feijão tropeiro na culinária brasileira está relacionada à

a) atividade comercial exercida pelos homens que trabalhavam nas minas.
b) atividade culinária exercida pelos moradores cozinheiros que viviam nas regiões das minas.
c) atividade mercantil exercida pelos homens que transportavam gado e mercadoria.
d) atividade agropecuária exercida pelos tropeiros que necessitavam dispor de alimentos.
e) atividade mineradora exercida pelos tropeiros no auge da exploração do ouro.

[toggle title=”Confira a resolução ;)”]

Resposta: C

Habilidade: Associar as manifestações culturais do presente aos seus processos históricos.

Comentários: Nesta questão, se utiliza um elemento da culinária nacional – no caso, o feijão tropeiro – para abordar as origens do tropeirismo no Brasil. A questão é auto-explicativa e é relativamente fácil associar os tropeiros à atividade mercantil de transporte de gado e mercadorias. Leia o resumo sobre o Ciclo da Mineração.

[/toggle]

5 Comments

  1. Pamella 9 de agosto de 2012 at 13:14 - Reply

    Olá Professor!
    Porque não poderia ser a alternativa A?

    No texto, diz: ” O tropeirismo acabou associado à atividade mineradora…”

    Portanto pode-se afirmar que a criação do feijão tropeiro na culinária brasileira está relacionada à atividade comercial exercida pelos homens que trabalhavam nas minas. Não?!

    E “atividade mercantil” não significa uma atividade que gera lucro? O feijão tropeiro não era apenas para eles mesmos se alimentarem? Ou eles vendiam?

    Não ficou nada claro para mim isso…..rs…

    • Michel Goulart 9 de agosto de 2012 at 15:25 - Reply

      Oi, Pamella, é que os homens que trabalhavam nas minas de ouro eram, geralmente, escravos, não comerciantes. O texto introdutório da questão classifica o tropeiro como um grupo à parte, encarregado do transporte de gado e mercadorias. Neste caso, os tropeiros não trabalhavam nas minas.

  2. Patrícia Dutra 28 de novembro de 2012 at 21:27 - Reply

    Gostei muito da explicação do professor Michel Goulart. Parabéns! Claro e objetivo!

  3. sergio coelho 30 de janeiro de 2014 at 7:54 - Reply

    A presença da couve na culinária tropeira é demais. Como isso poderia acontecer? Os depoimentos de velhos tropeiros falam apenas em feijão, carne de sol, toicinho e farinha. Café ou chimarrão às vezees. Cachaça,quando o capataz distribuia, num dia de muito frio ou chuvas.
    Quando se fala em culinária tropeira, é preciso separar as águas; acomida do tropeiro de tropa solta era bem simples; a comida do tropeiro de tropa cargueira era mais variada.

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.