Teleaula: Governo João Goulart

Home » Vídeos » Teleaula: Governo João Goulart

Na teleaula O governo João Goulart, você verá como funcionou o regime parlamentarista em seu curto tempo de existência. Além disso, saberá que a implantação do parlamentarista e as tentativas de superar a crise política não foram suficientes para impedir a crescente radicalização dos grupos políticos e sociais, fato que acabou levando à derrubada do governo de João Goulart em 1964.

[youtube id=”nJfJoqK4YLg” width=”600″ height=”350″]

By | 2014-01-27T07:18:30+00:00 27 de Janeiro de 2014|Categories: Vídeos|Tags: , , , , |6 Comments

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

6 Comments

  1. Klaus do Iate 28 de Janeiro de 2014 at 10:40

    Jango pra mim é uma esfinge. Não sei o que pensar dele. Evitou guerra civil duas vezes, mas a que preço!

  2. Klaus do Iate 28 de Janeiro de 2014 at 10:42

    Prometeu muito, mas cumpriu pouco. Foi boicotado ou não soube fazer concessões? Como presidente era ótimo pecuarista.

  3. Klaus do Iate 28 de Janeiro de 2014 at 10:44

    Bom pelo menos tinha a Primeira Dama mais gata da história deste país. Mais gata que a mais famosa e sua contemporânea Jack Onassis Kennedy. E mesmo assim dava seus pulinhos por fora como todo macho poderoso.

  4. Michel Goulart 28 de Janeiro de 2014 at 10:48

    Verdade, mas veja hj. A beleza se vai…

  5. Klaus do Iate 28 de Janeiro de 2014 at 11:14

    O tempo é muito cruel com mulheres, MAS hoje em dia com tempo e dinheiro dedicados a isto eleas administram muito melhor o prejuizo. Nos anos 80, vendo Tonia Carrero, as pessoas diziaam: “Que coroa enxuta” ou ” mas tem que dar um desconto olha a idade dela e olha a tua”. Hoje isto não é mais necessário, vejo muitas mulheres de 50 anos TAO desejáveis quanto as de 18. A mulher do Jango nascida nesta cultura, puxa… seria um pitel até hoje.

Leave A Comment