Teleaula: China e Japão Antigos

Home » Vídeos » Teleaula: China e Japão Antigos

Na teleaula As Civilizações do Extremo Oriente: China e Japão, você aprenderá que a civilização chinesa começou na desembocadura do rio Amarelo com a escolha de um chefe e que o fundador tradicional do Japão foi Amaterasu. Além disso, acompanhará a formação e a decadência do Império Chinês e conhecerá alguns aspectos da arte e da cultura do extremo Oriente.

[youtube id=”70WHMpUmo-w” width=”600″ height=”350″]

[youtube id=”ckhdNlBqp7s” width=”600″ height=”350″]

By | 2014-01-22T18:39:42+00:00 13 de Fevereiro de 2010|Categories: Vídeos|Tags: , , , , |5 Comments

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

5 Comments

  1. Juliana Dacoregio 14 de Fevereiro de 2010 at 11:03

    As meninas do Tudo de Cri estão firmes e fortes, talvez não postando com a mesma regularidade de antes, mas "tamo aí na atividade". Aliás, deixe sua opinião lá no último post: Nob – por que participar?
    abração

  2. Prof_Michel 15 de Fevereiro de 2010 at 11:19

    Essa mulherada é show mesmo. Pois é, a saudade bateu. Vou lá no blog e comentar na notícia do NOB. Beijos

  3. Claudio Moreira Pereira Júnior 2 de junho de 2011 at 17:22

    Professor, eu fiz curso de japones por 3 anos e tive um outro pequeno curso no Nintendo DS – Japonease Coach, o idioma em si é meio complicado e ao mesmo tempo diferente,o post está ótimo sendo um assunto que ainda estudarei no ensino médio, não é uma matéria muito complicada

    abraços ;D

    http://www.gamblegamer.blogspot.com

  4. klaus do Iate 23 de Fevereiro de 2013 at 19:52

    Ando lendo sobre os mongois. Os caras modificaram todas as civilizações que conseguiram alcançar. A pax mongolica reativou a Rota da Seda, (que vinha mal desde a queda dos imperios romano e chines) e possibilitou a troca de bem mais que produtos entre as duas pontas da Eurasia: ideias, doenças e gente foram trocadas. O exercito mongol era rapido, surpreendente e disciplinado. Somente a morte do khan dos khans salvou a Europa Ocidental (morte de Ogadai) e o Islam (morte de Mongke). Somente dois tufoes salvaram o Japão nas duas tentavias de desembarque de tropas. No caso do Islam houve mais dois fatores: 1)o exercito do Egito islamico conseguiu parar em batalha a menor divisao de vanguarda mongol antes da morte de Mongke. Entao o grosso do exercito mongol recuou com a morte de Mongke. 2) O khan mongol designado para governar Persia e Mesopotamia se converteu ao Islam.

  5. klaus do Iate 23 de Fevereiro de 2013 at 20:03

    Na origem de todo este poder estava um homem: Gengis Khan, que teve um começo muito humilde e só conseguiu unificar todas as tribos quando já era quarentão. Paradoxalmente os reinos grandes e populosos de sedentários foram vencidos mais facilmente: 3 reinos chineses, Koresmia ( o poder islamico principal na epoca). A Russia foi tomada em pleno invenro e a Europa Central foi invadida e saqueada por subcomandantes do Gengis. O imperio foi ainda mais ampliado por sucessores do Gengis Khan, que tinham choques pouco graves entre si.
    Apesar de tudo isto Gengis Khan é menos famoso que Alexandre Magno. Seria por ele nao ser alfabetizado, nao ser de povo sedentario ou nao ser europeu? Nem Gengis , nem Alexandre foram meros assassinos coroados. Estes furacoes nao trouxeram só destruiçao. Mudaram a vida de muita gente em relativamente curto tempo e impuseram algumas marcas duradouras.

Leave A Comment