Vídeo: O pequeno e espaçoso Adolf Hitler

Home » Vídeos » Vídeo: O pequeno e espaçoso Adolf Hitler

No Vídeo: O pequeno e espaçoso Adolf Hitler, conheça alguns dos fatos que levaram à Segunda Guerra Mundial, através de uma curta paródia apresentando Hitler como um aluno de escola primária.

[youtube id=”0uSdL4FxzNg” width=”600″ height=”350″]

Apesar de despretensiosa, a montagem é, na verdade, muito inteligente, tratando temas como a invasão da Tchecoslováquia, em 1938; a invasão da Polônia, em 1939; e a neutralidade americana até o ataque japonês na base naval de Pearl Harbor, em 1941.

Abaixo vamos abordar alguns destes acontecimentos.

Lebensraum e Anschluss

No início da animação, o pequeno Hitler diz para a professora:

– Esta mesa é muito pequena para mim, preciso de mais espaço…

O Terceiro Reich inaugurado por Hitler incorporou o conceito de Espaço Vital (Lebensraum, em alemão), ou seja, a incorporação de territórios com traços de identidade germânica à Alemanha. Neste contexto, em junho de 1938, a Áustria foi anexada ao território alemão, em um processo que ficou conhecido como Anschluss.

Tratado de Não-Agressão

O pequeno Hitler diz para a professora:

– Eu quero a mesa daquele pequeno polonês…

Esta frase faz referência à invasão da Polônia em setembro de 1939, fato que desencadeou a Segunda Guerra Mundial. Mas para entender esta invasão, temos que voltar um pouquinho, no acordo entre Hitler e Stálin, conhecido como Tratado de Não-Agressão, ou Tratado Ribbentrop-Molotov, em agosto de 1939.

Este acordo definia explicitamente que a Alemanha não entraria em conflito com a União Soviética e vice-versa. Nas entrelinhas, o tratado definia, também, a divisão da Polônia entre os dois países.

Política de Apaziguamento

O pequeno Hitler diz para a professora:

– Eu quero também a mesa daquele pequeno tchecoslovaco…

Em setembro de 1938, foi assinado a Política de Apaziguamento, onde nações europeias como Inglaterra e França aceitavam que Hitler anexasse a região germânica dos sudetos, na Tchecoslováquia, desde que não tentasse anexar outros territórios.

O primeiro-ministro inglês Neville Chamberlain comemorou o fato, achando que Hitler respeitaria o acordo. Porém, os desejos expansionistas do Führer eram maiores e não demorou para que ele incorporasse toda a Tchecoslováquia ao império alemão.

Ataque a Pearl Harbor

Quando a professora se espanta que o pequeno Hitler pegou todas as mesas da sala de aula para ele, o pequeno garoto americano afirma:

– Isto não é problema meu…

E quando o pequeno japonês derruba todas as coisas do pequeno americano, daí este expressa:

– Agora isto é problema meu também…

Esta fala representa a neutralidade dos Estados Unidos não só ao processo expansionista do governante alemão, assim como também neutralidade nos dois primeiros anos de guerra.

Porém, em dezembro de 1941, quando a aviação japonesa sobrevoou a Baía de O’ahu, no Hawaii, e promoveu um ataque a Pearl Harbor, base naval americana, os Estados Unidos finalmente resolvem entrar na guerra. O ataque foi proclamado pelo presidente Franklin Roosevelt, como o Dia da Infâmia.

By | 2017-03-30T19:27:21+00:00 30 de Março de 2017|Categories: Vídeos|Tags: , , , |1 Comment

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

One Comment

  1. ELI BRAZ DA SILVA JUNIOR 28 de julho de 2017 at 7:35

    Incrivelmente ilustrada a história. O Comportamento compulsivo e mimado do pequeno Hitler pode ser uma sátira mais que ao final se torna reveladora. A parte dos EUA também nos diz muito do comportamento deles diante das mazelas mundiais. Desde que não se mecha com eles, tudo é permitido. O que se passa após a 2ª Guerra é uma tentativa de remediar a tragédia. A ONU redige e aprova a Declaração Universal dos Direitos Humanos. https://direitoshumanosecidadania.com.br/direitos-humanos/

Leave A Comment