Home/Resumos/Resumo: Administração Colonial

Resumo: Administração Colonial

novembro 30th, 2010|Resumos|12 Comments


Neste resumo, você vai conhecer como Portugal promoveu a administração colonial do Brasil, os motivos, o sistema de capitanias hereditárias, o governo-geral e os principais envolvidos no processo. Ao terminar de ler o conteúdo, faça o quiz e teste seus conhecimentos.

Antecedentes

A chegada dos portugueses ao território brasileiro, em 1500, não teve, inicialmente, a intenção de colonizar o território. Durante 30 anos, Portugal se limitou a explorar o pau-brasil, madeira com grande valor na Europa. Ocorre que vários outros países, como Inglaterra, Holanda e França, mandavam corsários e expedições para se apropriar da valiosa madeira. Estes países se sentiam prejudicados com o Tratado de Tordesilhas.

Estes ataques motivaram o governo português a enviar expedições guarda-costas para proteger o litoral. Porém, estas expedições tiveram pouco resultado. Em 1530, o rei de Portugal organizou a primeira missão para colonizar o território. Comandada por Martin Afonso de Souza, o objetivo era povoar, expulsar os invasores e iniciar o cultivo de cana-de-açúcar no Brasil.

A partir daí, Portugal iniciou a administração de sua colônia. Esta administração tomou forma através do sistema de Capitanias Hereditárias e Governo Geral.

As capitanias hereditárias

O sistema de capitanias hereditárias foi implantado no Brasil, pelo rei Dom João III, a partir de 1534. Consistiu na divisão do território em 15 lotes concedidos a 12 donatários interessados em vir colonizar com os seus próprios recursos. Era organizado através de dois documentos: a carta de doação e o foral. O primeiro realizava, oficialmente, a doação do lote. O segundo determinava os direitos e deveres dos donatários.

Dentre os direitos dos donatários, estava a fundação de vilas, doação de sesmarias, escravização de indígenas e livre exploração das minas. Apesar das vantagens oferecidas aos donatários, o sistema encontrou várias dificuldades, como a falta de recursos, ataques estrangeiros, hostilidade dos indígenas e ausência de um organismo centralizador.

Além disso, muitos donatários não vieram tomar posse das terras. Diante destas dificuldades, apenas duas capitanias conseguiram realizar o que a metrópole desejava: Pernambuco e São Vicente.

O governo geral

Com finalidade de superar as dificuldades das capitanias e centralizar a administração da colônia, Dom João III criou, em 1548, o governo-geral. Esta centralização foi necessária para impedir o abuso de poder por parte dos donatários, combater a pirataria, deter a hostilidade dos indígenas e incentivar a economia.

O governador-geral administrava a colônia de acordo com um regimento e ordens vindas de Portugal. Os três primeiros governadores-gerais foram Tomé de Souza, Duarte da Costa e Mem de Sá. Além do cargo de governador Geral, havia o cargo de provedor-mor, encarregado da administração e arrecadação; ouvidor-mor, que cuidava das leis; e capitão-mor-da-costa, responsável pela defesa do litoral.

Este sistema durou até a vinda da família Real portuguesa, em 1808. Durante um bom tempo, a capital da colônia foi Salvador, na Bahia. Em 1763, a capital foi transferida para o Rio de Janeiro.

12 Comments

  1. Klaus do Iate 25 de abril de 2013 at 10:51 - Reply

    Interessante notar como se fez a ascensão da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro dentro da administração colonial.Ela tem começo dificil precisa ser fundada e refundada. Ela começa como mera base militar antifrancesa, enquanto São Paulo de Piratininga, como um colégio jesuíta para os nativos no planalto, como uma oposição a atividade escravizadora de nativos dos bandeirantes que partiam de São Vicente no litoral a capital de uma das poucas capitanias hereditárias a a dar certo. Na fundação das duas cidades ha dedo dos mesmos jesuítas.

  2. Klaus do Iate 25 de abril de 2013 at 10:57 - Reply

    Então no século XVIII é descoberto ouro nas MG por bandeirantes paulistas. Ocorre guerra entre comerciantes portugueses e estes mestiços paulistas. A Coroa pune os revoltosos separando o território minerador da imensa capitania SP. (Assim nasce a capitania MG) e designa que todo ouro mineiro para Europa seja exportado por apenas um porto: cidade do Rio de Janeiro. Daí para esta cidade ser transformada em capital de toda a colonia foi um pulo. Salvador entrou em decadência e explodiu a Conjuração Baiana. Interessante como a descoberta de ouro mudou a historia de quatro futuros estados brasileiros.

  3. sabrina 1 de maio de 2013 at 16:36 - Reply

    Olá. Quando baixo este resumo aparece dos hebreus, e não da administracão colonial…

  4. Gulia 3 de dezembro de 2013 at 17:52 - Reply

    ÓTIMO

  5. napolleana 12 de maio de 2014 at 16:58 - Reply

    legal obrigada vc me ajudou

  6. Eliziane 24 de maio de 2015 at 10:23 - Reply

    As capitanias foram divididas em 15 lotes, mas foram distribuídas a 12 donatários. E os outros 3 lotes? Onde a história os coloca? Quem os administrava? Por que não aparecem nesse texto? Qual o desfecho deles? Preciso entender.
    Devo dizer que estou muitíssimo interessada. É muito bom ter um histórico desses. Agradecida.
    Eliziane.

  7. Maria Louise 13 de outubro de 2016 at 19:26 - Reply

    Bem, o texto é bom e me ajudou em outras coisas mas o que eu queria saber e ainda quero é quais eram os termos da sociedade colonial da administração colonial e do trabalho colonial. Aguardo respostas obrigada.!

  8. Samuel Cordova ,aluno do prof3essor valderi 28 de março de 2017 at 9:05 - Reply

    o Professor valderi é um tímo professor de historia aprendi muito com ele pareabnés

  9. Carlos Neto 11 de setembro de 2017 at 11:36 - Reply

    Perfeito!!Me ajudou bastante!!

  10. maria clara 28 de novembro de 2017 at 18:05 - Reply

    Me ajudou muito
    OBRIGADA DE VERDADE!

  11. Ian 9 de março de 2018 at 17:14 - Reply

    Sempre me ajudando, obrigado pelo trabalho.

  12. Caike 17 de abril de 2018 at 16:47 - Reply

    Uau, muito interessante a forma como vocês apresentam o conteúdo. Parabéns, e por favor, continuem com esse trabalho.

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.