Resumo: Imperialismo

Home » Resumos » Resumo: Imperialismo

No Resumo: Imperialismo, você vai conhecer o Imperalismo, suas causas, a divisão de grandes continentes como a África e a Ásia e suas repercussões e revoltas. Ao terminar de ler o conteúdo, faça o quiz e teste seus conhecimentos.

  • Quiz sobre o Imperialismo: Teste seus conhecimentos sobre este assunto com o quiz. Aprenda os principais conceitos desta aula e fique fera nas avaliações.
Resumo-Imperialismo-I

Clique na imagem para ampliar

Resumo-Imperialismo-II

Clique na imagem para ampliar

Resumo-Imperialismo-III

Clique na imagem para ampliar

Resumo-Imperialismo-IIII

Clique na imagem para ampliar

Preparamos uma apostila completa para você, com TODOS OS RESUMOS DE HISTÓRIA GERAL E CENTENAS DE QUESTÕES E EXERCÍCIOS para você arrebentar nos seus estudos e detonar no Enem e vestibulares. Adquira já o seu!

Apostila Completa de História Geral

Resumo-Imperialismo-V

Clique na imagem para ampliar

Resumo-Imperialismo-VI

Clique na imagem para ampliar

Resumo-Imperialismo-VII

Clique na imagem para ampliar

Resumo-Imperialismo-VIII

Clique na imagem para ampliar

By | 2016-03-13T09:04:44+00:00 15 de Fevereiro de 2010|Categories: Resumos|Tags: , , , |33 Comments

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

33 Comments

  1. EAD/JOYCE 6 de outubro de 2009 at 17:12

    Muito bom seu texto, quanta carnificina em nome do progresso. Mas os diamantes ainda são causa da miséria na África.

  2. Prof_Michel 6 de outubro de 2009 at 17:14

    Totalmente verdade, Joyce. A Belle Epoque é uma boa evidência disto. Beijos

  3. Larissa De Souza 23 de novembro de 2009 at 20:12

    que ótimo ficou o resumo !!

  4. Mainny Gabrielle de carvalho 3 de Maio de 2010 at 18:50

    Adorei o resumo, me ajudou muito com algumas dúvidas que eu tinha sobre o imperialismo 🙂

  5. Prof_Michel 3 de Maio de 2010 at 18:51

    Legal, Mainny! 😉

  6. Marcos Lima 24 de Fevereiro de 2011 at 16:56

    Fantastico Michel…muito bom seu resumo…me ajudou muito para trabalhar com meus alunos..obrigado

  7. Prof_Michel 24 de Fevereiro de 2011 at 16:59

    Legal, Marcos! Show de bola

  8. Lariinha.. 12 de Abril de 2011 at 17:22

    Prof sabe o que eu achei que era imperalismo?
    Foi as primeiras imperatises!!
    nao é para se acabar???
    Aauhsahsauhs, beijãooo

  9. Gina 31 de julho de 2012 at 19:05

    poise tem gente ignorante que não sabe o que e imperalismo !

  10. Erika Andrade 16 de agosto de 2012 at 16:53

    Professor Michel, parabéns pelo resumo do Imperialismo, muito bom. Ajudou muitos nos estudos. Mas é uma pena pensar que muitos conflitos que acontecem hoje na África é causa da Conferência de Belim, da qual os países imperialistas não respeitaram as diferenças culturas, étnicas dos africanos. Colocaram tribos rivais para trabalhar juntas o que desencadeou vários conflitos. Mas, infelizmente, até hoje, aquela ideia de que os lucros estão acima da ética não sofreu mudanças…

  11. Michel Goulart 16 de agosto de 2012 at 17:02

    Sem dúvida. A partilha afro-asiática representou um impacto muito forte – geralmente, negativo – para as sociedades e culturas locais e regionais.

  12. Eva 11 de outubro de 2012 at 10:27

    amei o resumo, agora sem dúvidas, vou terminar meu trabalho!!

  13. leticia 19 de outubro de 2012 at 19:25

    amei o resumo, agora eu vou fazer o meu trabalho de historia baseado nisso ,agora estou sem duvidas sobre o imperialsmo

  14. Prof Ricardo Capivara 17 de Fevereiro de 2013 at 12:59

    Olá Prof. Michel, parabéns pelo resumo, mas, meu interesse é a referência do mapa com alegorias do Império Britânico. Saudações.

  15. kleyton 20 de Fevereiro de 2013 at 17:38

    olá michel , nao sei porque os tipos de questoes aparecem em ingles? pode me ajudar?

  16. kleyton 20 de Fevereiro de 2013 at 17:58

    olá michel nao sei porque os no com tipos de questoes estão em ingles pode me ajudar?

  17. kleyton 20 de Fevereiro de 2013 at 18:10

    as opções de respostas verdadeiro ou falso aparecem em ingles o que aconteceu michel? pode me ajudar?

  18. Michel Goulart 20 de Fevereiro de 2013 at 18:52

    Vou verificar

  19. Michel Goulart 20 de Fevereiro de 2013 at 18:54

    Sim, o layout está em inglês, mas é um inglês bem básico, nem exige tanto conhecimento.
    No caso das questões de verdadeiro ou falso, é assim: true=verdadeiro; false=falso

  20. Rodolfo 25 de Fevereiro de 2013 at 16:24

    Olá, gostaria de agradecer ao querido professor Michel Goulart, e toda equipe do HISTÓRIA DIGITAL, este resumo é um grande apoio para mim!
    Esclarece bastante sobre o IMPERIALISMO. Forte abraço á todos! ;D

  21. Michel Goulart 25 de Fevereiro de 2013 at 16:25

    Rodolfo, estamos criando uma versão destes resumos para impressão e leitura em tablets.

  22. Klaus do Iate 15 de Março de 2013 at 1:54

    Acho injusto nao colocar os EUA na lista dos países imperialistas. É verdade que inicialmente montaram uma imagem de anticolonialistas (Doutrina Monroe), mas o fato é que nao impediram a aventura francesa no Mexico e pior, o imperio colonial espanhol já bem reduzido, com as diversas independencias na America Latina, ainda foi tomado pelos americanos. Filipinas e Cuba foram colonias dos EUA na prática como Ted Roosevelt queria tanto. Outros que largaram meio tardiamente na corrida imperialista porque tiveram sua unficação e revolução industrial bem tardias foram Alemanha e Italia. As velhas Holanda, Espanha, Portugal ( que intensificou a ocupação inteiriorana de Angola e Moçambique nesta epoca) e Dinamarca são socios juniores do clubinho imperialista. A Russia tratava as nações suditas asiaticas como colonias ha muito tempo, mas sua industrialização e urbanização incipentes também a colocam como membro junior do clubinho, mas participou do break-up da China e conseguiu uma importante esfera de influencia na Persia. Para provar a todos que nao havia superioridade intrinseca europeia, o Japão deu um sacode na Russia quando os varios imperialistas começaram a se estranhar na Belle Epoque.

  23. beatriz e. 11 de agosto de 2013 at 14:38

    professor, é nesse período que surgem os escravos negros, ou seja, o branco como um ser superior ou já existiam?

  24. Michel Goulart 11 de agosto de 2013 at 20:38

    Os negros já eram escravizados desde o período colonial, ou seja, 400 anos antes do Imperialismo.

  25. lucas 22 de novembro de 2013 at 19:48

    Podem falar o que falar mas os ingleses são um povo belicoso e difícil de ser combatido! Até hoje(se não me falha a memória) nunca ouvi falar da Inglaterra “de joelhos” para outra nação. Tanto nas guerras mundiais, quanto em revoltas, os ingleses na maior parte das vezes ou se sagraram como vitoriosos ou perderam por questão de meros detalhes(saindo com algumas vantagens).

  26. SCHANDLER FARIAS DE SOUZA 23 de novembro de 2013 at 2:02

    Muito bom o material. É sempre válido reciclar os conhecimentos e adquirir novos 🙂

  27. ketelim 24 de Maio de 2014 at 11:15

    legal

  28. Izete 22 de Fevereiro de 2015 at 18:58

    Gostei muito. Com seu texto vou me sentir mais segura para realizar a minha prova.

  29. Kaoana 10 de Março de 2015 at 13:26

    Ótimo resumo, uma boa fonte para estudar para as provas ;))

  30. prof angelita 1 de Abril de 2015 at 10:58

    muitoooooo0ooo tooooops””””

  31. jshfv 14 de Abril de 2016 at 21:53

    Muito bom o texto ajudou muito a entender, bem resumido e feito :3

  32. luisa 9 de agosto de 2017 at 12:01

    Muitooo Bom, parabéns. ótimo texto, ótimo resumo. novo site favorito kkkkk

Leave A Comment