Home/Resumos/Resumo: Roma Antiga

Resumo: Roma Antiga

agosto 15th, 2011|Resumos|80 Comments


Neste resumo, você vai conhecer sobre a Roma Antiga, uma das maiores civilizações da antiguidade e um dos maiores impérios que já existiu. Vai aprender sobre sua cultura e organização política, social e econômica. Ao terminar de ler o conteúdo, faça o quiz e teste seus conhecimentos.

  • Quiz sobre a Roma Antiga: Teste seus conhecimentos sobre este assunto com o quiz. Aprenda os principais conceitos desta aula e fique fera para provas, vestibulares e concursos.

Antecedentes

Os romanos deixaram uma herança rica na literatura, arquitetura, direito, escultura, na atividade militar, entre outras. Há várias versões sobre a origem de Roma, que, a partir de uma aldeia se transformou em um grande império.

Uma destas versões, considerada lendária, conta que a cidade foi fundada pelos gêmeos Rômulo e Remo, provenientes das tribos latinas da Europa Central. Outra versão, embasada em documentos e arqueologia, diz que a região foi povoada por várias tribos, como úmbrios, samnitas, sabinos e, posteriormente, dominada pelos etruscos.

A história da Roma Antiga se divide em três períodos: Monarquia, República e Império.

Monarquia

O Período Monárquico ocorreu entre 753 a.C. e 509 a.C., aproximadamente. Durante este período, Roma foi dominada pelos etruscos. Sob os reis etruscos, foram realizadas obras públicas, como drenagem de pântanos, construção de esgotos, templos, entre outras. Em 509 a.C., os romanos derrubaram o rei etrusco Tarquínio, o Soberbo, e fundaram uma república.

A sociedade, neste período, se dividia em quatro classes principais. Os patrícios eram grandes proprietários de terras. Abaixo deles haviam os clientes, grupo de pessoas, geralmente plebeus ou estrangeiros, que davam terras aos patrícios e deles recebiam proteção.

Os plebeus formavam a maioria da população, constituindo-se de pequenos agricultores, comerciantes, pastores e artesãos. Os escravos não tinham direitos políticos e muitos se tornavam gladiadores.

Os gladiadores

Gladiadores eram guerreiros que lutavam em arenas. Seu nome deriva do gládio, espada utilizada por soldados. Sua função era entreter o público. Costuma ser dito que a estratégia das elites em desviar a atenção do povo da política através de comida e diversão era denominada Política do Pão e Circo.

Entre os principais tipos de gladiadores, estavam o trácio, o murmillo, o hoplomaco, o retiário, entre outros. Cada um utilizava armas e armaduras específicas. Haviam vários tipos de lutas nas arenas romanas, como Ludus Magnus, lutas de gladiadores contra gladiadores; Venatium: lutas envolvendo animais; Naumachias: lutas com embarcações de grande ou pequeno porte; Equitarium: lutas envolvendo corridas de cavalo ou desafios de bigas.

Algumas destas lutas deixavam evidente a tecnologia de arenas como o Coliseu, que foi construído entre os anos 70 e 90. Esta arena tinha uma aprimorada estrutura interna, engrenagens que permitiam inundações em lutas aquáticas, assim como cobertura externa.

República

O Período Republicano ocorreu entre 509 a.C. e 23 a.C., aproximadamente. Neste período, Roma foi governada por dois cônsules. Estes eram auxiliados por senadores, responsáveis pelas finanças, assuntos externos e criação de leis. Durante períodos de guerras, a cidade podia ser governada por um ditador.

República é uma palavra de origem latina que significa “coisa do povo”. Porém, as instituições eram comandadas pelos patrícios, tendo os plebeus pouca ou nenhuma participação política.

Luta dos plebeus

Esta situação se inverteu com uma luta entre patrícios e plebeus, que se estendeu por quase dois séculos, e que resultou na conquista de alguns direitos por parte da plebe. Dentre estes direitos, podemos destacar a Lei das Doze Tábuas, que definia direitos e deveres dos plebeus. Estas leis viraram referência no estudo do Direito.

Foi criada a Lei da Canuléia, que permitia o casamento entre patrícios e plebeus. Estes conquistaram, também, o direito de exercer cargos sacerdotais e políticos. Além disso, surgiram os Tribunos da Plebe, que representavam os interesses dos plebeus no senado.

Expansão romana

A partir da República, Roma iniciou o processo de maior expansão territorial, conquistando toda a península itálica. A ambição dos romanos, porém, estava no além-mar. Na disputa pelo Mar Mediterrâneo, Roma entrou em conflito com Cartago, nas chamadas Guerras Púnicas de 264 a.C. a 146 a.C. Puni era o nome latino dado a Cartago, antiga colônia fenícia.

Houve três guerras, todas com vitória romana. Na primeira Guerra Púnica, Roma conquistou a ilha de Sicília, ao sul da Itália. Na segunda Guerra Púnica, um dos generais cartagineses, Aníbal, tentou atacar Roma por terra, com um grande exército. Foi derrotado em 202 a.C. Na terceira Guerra Púnica, Cartago foi completamente destruída. Assim, o Mar Mediterrâneo passou a ser controlado pelos romanos.

A partir de então, outras conquistas posteriores consolidaram Roma como um dos maiores impérios da antiguidade. Estas conquistas refletiram em crescimento econômico, maior número de escravos e forte concentração de terras.

Crise na República

A abundância de escravos, nas mãos de grandes proprietários de terras, gerou um desequilíbrio econômico e social. As lutas políticas fez surgir dois partidos rivais: o partido aristocrático, que defendia o interesse dos mais ricos; e o popular, que desejava redistribuição de terras.

Nesta luta política se destacaram Tibério e Caio Graco, irmãos que tentaram um projeto de reforma agrária entre 133 a.C. e 121 a.C. Ambos foram assassinados. Algumas guerras civis deram origens a ditaduras militares, cujos governantes utilizavam o exército para se manter no poder. De 107 a.C. a 79 a.C. Mário e Sila assumiram o governo.

Por volta de 72 a.C., o gladiador Espártaco comandou uma revolta de 70 mil escravos. Após algumas vitórias, Espártaco e seus seguidores foram esmagados pelo general Pompeu.

Os triunviratos

Os Triunviratos foram governos de três pessoas. Porém, desde o início o sistema mostrou-se falho, havendo disputas internas pelo poder. Por volta de 60 a.C., foi criado o Primeiro Triunvirato, composto por Crasso, Pompeu e Júlio César. Com a morte de Crasso, Pompeu e Júlio César disputaram o poder. Com a vitória de César, este se tornou ditador perpétuo de Roma, realizando reformas e diminuindo o poder do senado.

Em 44 a.C., Júlio César foi assassinado em um conspiração no senado, encabeçada por Bruto, que César considerava um filho. Com a morte de César, foi criado o Segundo Triunvirato, composto por Lépido, Otávio e Marco Antônio. Na luta que se seguiu, Lépido foi afastado e Otávio venceu Marco Antônio.

Com o poder nas mãos, Otávio foi proclamado imperador de Roma. Acaba, assim, a República e inicia o Império,que ocorreu entre 27 a.C. e 476 d.C. O Período Imperial, por sua vez, se divide em Alto Império e Baixo Império.

Alto Império

O Alto Império ocorreu entre 27 a.C. e estendeu-se até o século III, aproximadamente. Os imperadores tinham poder quase total e geralmente eram considerados divinos. O primeiro imperador foi Otávio, denominado Augusto, que governou durante 41 anos. Este período ficou caracterizado pela hegemonia e prosperidade, denominado Pax Romana, que durou até o século III.

Outros imperadores, que se destacaram, por bem ou por mal, foram Calígula, Nero, Tito, Marco Aurélio, Sétimo Severo, entre outros. Os cristãos, grupo de seguidores das ideias de Jesus Cristo, foram fortemente perseguidos em Roma, em parte porque recusavam-se a adorar os deuses oficiais, assim como não prestavam culto ao imperador, por serem monoteístas.

Apesar das perseguições, em 313, através do Édito de Milão, o imperador Constantino concedeu liberdade de culto aos cristãos. Mais tarde, o então imperador Teodósio proibiu cultos pagãos, medida que tornaria o cristianismo a religião oficial de Roma.

Baixo Império

O Baixo Império ocorreu do século III até 476, aproximadamente. Este período representou o declínio do Império Romano. Sufocado por uma crise militar e econômica, o Império foi dividido em dois: Ocidental, com sede em Roma; e Oriental, com sede em Constantinopla.

Entre os fatores que causaram a queda da parte ocidental, podemos destacar o custo em manter os exércitos nas fronteiras; a perda de controle de regiões, devido ao tamanho do império; aumento dos impostos e corrupção, entre outros. A dificuldade em sustentar o exército, possibilitou o recrutamento de povos além das fronteiras de Roma, denominados bárbaros. A perda de controle das fronteiras também permitiu a migração cada vez maior destes povos.

Assim, em 476, invasões violentas de povos bárbaros consolidaram a queda do Império Romano do Ocidente. O Império Romano do Oriente, porém, sobreviveu por mais alguns séculos.

80 Comments

  1. GUILHERME 21 de outubro de 2009 at 12:06 - Reply

    Dai Michel, gostei da postagem. Tu conpletasse nosso estudo, e o pessoal vai vir no teu blog estudar. A tua idea de botar os conteudos das aulas no blog para o pessoal estudar é muito legal.Obrigado.

  2. Igor Fontana 21 de outubro de 2009 at 12:58 - Reply

    O Resumo que ta ali em Slide já é o correto Michel ?

  3. Prof_Michel 21 de outubro de 2009 at 15:10 - Reply

    Já, mas demora um pouco para adaptar. O podcast, todavia, não vai estar disponível por enquanto.

  4. Igor Fontana 21 de outubro de 2009 at 15:14 - Reply

    Mais o PodCast eu nem vo usar ;)
    Demora quanto tempo + ou – , dai vou ver se vou tomar banho primeiro .

    PS : Vo toma banho já , porque vo no jogo ':)

  5. Ana Carolina 21 de outubro de 2009 at 15:29 - Reply

    eu faltei na aula mas pelo resumo consegui entender bem o conteúdo, o resumo ficou bem completo :D

  6. Maria Carolina M. 21 de outubro de 2009 at 17:36 - Reply

    o resumo ficou bem completo, ele vai nos ajudar bastante na prova :)

  7. Eduardo 21 de outubro de 2009 at 19:43 - Reply

    Michel precisa saber como os Gladiadores se vestiam, qual era o mais forte, quem lutava com quem ?

  8. Prof_Michel 21 de outubro de 2009 at 20:48 - Reply

    Ana e Maria Carolina, boa prova amanhã!;)
    Eduardo, com certeza!

  9. clayton 21 de outubro de 2009 at 22:07 - Reply

    Muito bom o resumo, ajudou bastante pra estudar.

  10. Sonia Regly 22 de outubro de 2009 at 14:19 - Reply

    Michel,
    Tudo bem explicadinho,bem definido. Está fácil para estudar,acho que os alunos se darão bem,vc caprichou!!!Beijão e muito obrigada pela visitinha.

  11. Sonia Regly 22 de outubro de 2009 at 14:21 - Reply

    Acho que vou selecionar alguns conteúdos para divulgar lá no Compartilhando as Letras.Assim meus leitores vão ficar expert em História.Que tal???

  12. Prof_Michel 22 de outubro de 2009 at 16:44 - Reply

    Pode selecionar, Sonia. Quando estiver pronto, me avise. Um beijão

  13. GUILHERME 22 de outubro de 2009 at 19:46 - Reply

    Dai Michel. A prova tava muito facio(exeto as objetivas), ate estranhei, e pensei nao pode ser o Michel que fez essa prova. Se eu achei facio é porque logicamente, eu estudei para a prova, e se estudei claro que seu blog me ajudou muito. Obrigado.

  14. Prof_Michel 22 de outubro de 2009 at 20:26 - Reply

    Aiaiai, quando vcs dizem que a prova foi fácil, não sei se é motivo prá rir ou prá chorar, hehehe.

  15. Giuliana Rossa 4 de novembro de 2009 at 14:03 - Reply

    Michel o resumo ficou muito bom, ajudou bastante na hora da prova!

  16. douglas teixeira 9 de novembro de 2009 at 19:56 - Reply

    haha o resumo ta certinhu(eu axo) ta me ajudando porque eu to lendo toda noite pa n eskeçe.valeu michel

  17. Manuela Dalla 10 de novembro de 2009 at 20:17 - Reply

    Michel na "Política do Pão e Circo" foi usada a estratégia de deixar o povo desviar toda a sua atenção na comida e na diversão.Qual era o objetivo de desviar a atenção do povo?

  18. Larissa de Souza 10 de novembro de 2009 at 21:22 - Reply

    Michel cada resumo que você faz ajuda bastante,continua assim que vai longe.Parabéns, esse resumo ficou ótimo.

  19. Prof_Michel 11 de novembro de 2009 at 9:59 - Reply

    Manuela, o argumento padrão é que a comida e o entretenimento desviam a atenção do povo de questões sociais. O time de futebol Metropol, de Criciúma, foi criado para diminuir as greves dos mineiros.

    Larissa, muito obrigado :)

  20. Igor Fontana 11 de novembro de 2009 at 14:15 - Reply

    Dai surgiram os gladiadores o/

  21. Manuela Dalla 11 de novembro de 2009 at 15:04 - Reply

    Michel minha mãe pediu para mim te parabenizar pelo blog, pois ela tinha umas questões de história para ser resolvida e conseguiu resolver graças aos recursos do blog.Parabéns.

  22. Prof_Michel 11 de novembro de 2009 at 15:43 - Reply

    Manuela, que bom que sua mãe gostou. Fala para ela deixar um comentário no blog, para registrar a visita. Um abraço

  23. Igor Fontana 11 de novembro de 2009 at 22:07 - Reply

    Michel todo mundo gosta do seu Blog =D
    Ta muito bom mesmo , tudo organizado
    Continua assim que ele vai crescer ainda mais

  24. Prof_Michel 12 de novembro de 2009 at 9:38 - Reply

    Que bom, Igor.

  25. Manuela Dalla 12 de novembro de 2009 at 20:24 - Reply

    Avisei a minha mãe Michel ela disse que qualquer hora ela passa para deixar um recado.

  26. gregory marim 13 de novembro de 2009 at 13:43 - Reply

    esses resumos ajudam mesmo muito na prova valeu michel

  27. Prof_Michel 13 de novembro de 2009 at 16:38 - Reply

    Manuela, estou esperando, então.
    Gregory, é isso aí.

  28. Igor Fontana 16 de novembro de 2009 at 14:21 - Reply

    Michel , vai ter que saber tudo isso ? Vo pergunta no outro tbm :/

  29. Prof_Michel 16 de novembro de 2009 at 14:25 - Reply

    Não, apenas a última parte: alto império e baixo império, que constituem o período imperial da história de Roma. É isso aí!

  30. Ricardo de Bem 16 de novembro de 2009 at 16:56 - Reply

    comentario bombando né..uahuahauhau
    valeu pela forca pra prova ai,vou estudar os resumos e vo ve se ficaram bons…minha opiniao vale muito..uahuahua

  31. Prof_Michel 16 de novembro de 2009 at 17:05 - Reply

    Pois é, o número de comentários neste post é impressionante. Comentários são como encontro em família: quanto mais melhor.

  32. Igor Fontana 16 de novembro de 2009 at 17:07 - Reply

    EAUIEUAIEUIAUEAIEAIEUAIEUA
    Vamo enche de comentários :D

  33. Igor Fontana 16 de novembro de 2009 at 17:32 - Reply

    Porque Otávio era denominado Augusto ?

  34. Prof_Michel 16 de novembro de 2009 at 17:38 - Reply

    Augusto significa glorioso. Ocorre que os imperadores eram considerados representantes dos deuses, portanto o termo ajudava a convencer bem a população da divindade do governante. Capisce?

  35. Igor Fontana 16 de novembro de 2009 at 17:42 - Reply

    Capisce :D

  36. Igor Fontana 16 de novembro de 2009 at 17:46 - Reply

    Tinha algum muro que separava Roma Ocidental e Roma Oriental ?

  37. Prof_Michel 16 de novembro de 2009 at 17:51 - Reply

    Não tinha nenhum muro, porque não foi a cidade de Roma que foi dividida, e sim o império romano. E, mesmo assim, a divisão foi apenas para facilitar a administração, e não por diferenças políticas ou ideológicas.

  38. Igor Fontana 16 de novembro de 2009 at 17:51 - Reply

    Ok

  39. Lucca Zacheu 16 de novembro de 2009 at 19:51 - Reply

    o resumo me ajudou muito a estudar.
    mas é muita coisa !!!
    SHAUSH

  40. maria julia remor 16 de novembro de 2009 at 20:07 - Reply

    Michel,que bom que colocasse esses resumos,prefiro estudar por aqui,nao eh grande o conteudo e bem mais declarado..=)

  41. Manuela Dalla 16 de novembro de 2009 at 20:12 - Reply

    Na primeira vez eu só escutei o áudio, mas não prestei muita atenção, realmente ficou bem bom o resumo.

  42. Prof_Michel 16 de novembro de 2009 at 21:26 - Reply

    Lucca, estude só o que foi pedido. Não precisa ler tudo.
    Maria Júlia, o que seria conteúdo declarado? hehe

  43. Leonardo Correia 16 de novembro de 2009 at 22:11 - Reply

    Ei michel, estava ate agora estudando.. ja sao 11 horas da noite e estou aqui ainda hahahah. Me ajudou muito esse resumo para estudar, com certeza vou tirar uma nota muito boa na sua prova =)

  44. Prof_Michel 16 de novembro de 2009 at 22:28 - Reply

    Leonardo, tenho certeza que o seu desempenho na prova vai ser além da expectativa. Sucesso e parabéns pela dedicação.

  45. Sabia 16 de novembro de 2009 at 23:13 - Reply

    Essa é a parte mais dificilzinha da prova, sei la, é legal estudar isso…

    Tou pronto para a prova :x
    Só falta revisar os bárbaros…

  46. KAREN OLIVEIRA 12 de agosto de 2010 at 10:26 - Reply

    Eu sou a pior aluna em história; mas estes resumos estão me ajudando principalmente resumo em MP3 onde fico escutando!!!

  47. Prof_Michel 12 de agosto de 2010 at 15:06 - Reply

    Legal, Karen! Vc vai se tornar a melhor aluna! Escute o que eu digo! ;)

  48. matheus 12 de agosto de 2010 at 16:54 - Reply

    tenho que agradecer professor michel a todo conteudo que vc posta no seu site,ele é mto bom e esta me ajudando mto,obrigado mesmo,continue nos ajudando com seus podcast .

  49. Prof_Michel 12 de agosto de 2010 at 17:14 - Reply

    Legal, Matheus. Estamos aí, com objetivo de facilitar o aprendizado de História. Vlw

  50. joaopedrodoamarallisboa 7 de abril de 2011 at 12:53 - Reply

    legal saber que o império romano foi divido e nao roma

  51. Claudio Moreira Pereira Júnior 27 de abril de 2011 at 14:18 - Reply

    O imperio romano foi dividido em vez da roma? eu pensava o contrarioo… E por falar nisso, só haviam guerras,guerras e muito sangue,tanta coisa para nada HAUHAUHA

  52. anna luiza 8 de maio de 2011 at 18:59 - Reply

    Ótimo resumo professor!!

    Abraços anna luiza

  53. anna luiza 8 de maio de 2011 at 19:45 - Reply

    Eu achei muito interessante o fato de que uma cultura influenciou diretamente no desenvolvimento de outra cultura.

    Exemplo:
    A cultura romana teve forte influência dos gregos, em especial na arte, na literatura, na ciência, na filosofia, além dos aspectos religiosos.

    Abraços anna luiza

  54. Luisa 16 de maio de 2011 at 19:57 - Reply

    Adorei esse tópico professor. Eu sempre quis aprender sobre a civilização romena, principalmente a sua religião.
    Luisa Serafim

  55. Jiiana 18 de abril de 2012 at 14:43 - Reply

    não gostei nada!

  56. Maiara 9 de junho de 2012 at 16:31 - Reply

    Estou me preparando pro vestibular no final do ano, e não gosto muito de historia mas como é necessario assisto as aulas no curso e venho revisar aqui, e o Historia digital ta me ajudando muito vejo os resumos, assisto as aulas e depois faço o quiz haha. Parabéns

  57. Bruna 14 de junho de 2012 at 20:44 - Reply

    estudar por aqui é um resultado bom, sem dúvidas.

  58. vinicius 24 de outubro de 2012 at 15:29 - Reply

    muito legal isso aqui

  59. vanderleia 24 de outubro de 2012 at 15:44 - Reply

    Adoreiii!!

  60. Camila 10 de dezembro de 2012 at 20:00 - Reply

    eu tenho uma prova nesse final de semana e desde ontem, quando encontrei esse site, nao desgrudo do computador, esse eh o melhor site para estudar ! aqui tem coisas q nem na apostila do curso tem, parabens pelo site e muito obrigado por ajudar nos, os alunos, com historia. Ta tudo muito bem explicado e creio q vou tirar uma nota bem melhor do que eu esperava !

  61. Rodrigo 4 de março de 2013 at 15:23 - Reply

    Muito bacana você fazer um trabalho gratuito e de tão boa qualidade… Você é um ótimo professor :)

  62. Fernanda Daminelli 12 de março de 2013 at 20:13 - Reply

    Michel, adorei e ja aproveitei para estudar para a prova de amanha. Parabéns!

  63. Eduardo 15 de março de 2013 at 15:30 - Reply

    Ótimos slides! estou usando-os para revisar matéria para o vestibular. Apenas uma dúvida sobre a queda de Roma… Da pra ser dizer que o declínio começou quando a expansão territorial chegou no seu nível máximo? Assim, sem mais fontes de escravos e como todo o sistema romano era baseado na escravidão, esse não foi o ponto chave para o ínicio da queda?

    • Michel Goulart 15 de março de 2013 at 15:39 - Reply

      Eduardo, a fonte de escravos foi um dos fatores, mas não explica tudo.

  64. Fernanda PSP 7 de maio de 2013 at 21:04 - Reply

    Eu acabei de começar a estudar com esse blog, e eu já achei muito bom, continue assim. Ei, por gentileza, poderia indicar alguns filmes/documentários que mostra o Baixo Império e Alto Império? Grata desde já. ;)

  65. rayanne 30 de setembro de 2013 at 16:41 - Reply

    e muito interessante mesmo

  66. isadora 28 de outubro de 2013 at 16:03 - Reply

    ficou bom, mas como eu faço pra azer download disso aqui?

  67. murilo 22 de novembro de 2013 at 12:39 - Reply

    eu nem entendi quase nada na aula mas pelo resumo eu entendi tudo

  68. gleison 22 de novembro de 2013 at 12:43 - Reply

    é muito maneiro com esse resumo eu acho q vou passa de ano muito fora da leiiiiiiiiiii maneiro cara

  69. Kerlynne Abreu 11 de abril de 2014 at 15:13 - Reply

    Perfeitooo, muito bom prof. Michel, parabéns

  70. Andressa 6 de maio de 2014 at 20:35 - Reply

    Parabéns, você me salvou! Minha professora de história não é muito boa e com estes resumos eu entendo perfeitamente !

  71. Ana Maria de Fávero 2 de novembro de 2014 at 17:53 - Reply

    legal :)

  72. Giovanna Biral 3 de setembro de 2016 at 18:16 - Reply

    Adorei os slides, me ajudou muito! O que não aprendi na escola, devido a ter que ‘decorar’ os assuntos para ganhar nota, eu aprendi aqui. E me ajudou a entender sobre muitas coisas, inclusive de assuntos atuais, obrigada.

  73. Olivia Prestor 4 de novembro de 2017 at 13:14 - Reply

    Adorei o seus slides, mais tem coisas que eu não estudei ainda por tanto não pude utilizar sua pagina.
    Mais tá de parabéns, gostei muito.

  74. Nivea Maria 13 de junho de 2018 at 16:03 - Reply

    Por favor,faz um resumo de atenas,preciso pra estudar atenas e roma,e esse de roma está ótimo.

  75. Victor 2 de dezembro de 2018 at 17:01 - Reply

    Minha prova é amanhã e eu aprendi muito com este estudo

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.