Home/Questões/Questão: Maiores religiões no Brasil

Questão: Maiores religiões no Brasil

setembro 19th, 2012|Questões|7 Comments


Na prova do Enem 2011, tente resolver esta questão sobre as maiores religiões brasileiras em número de adeptos e a origem  desta predominância no passado colonial e imperial. A resolução está logo abaixo da questão, com comentários e habilidades cobradas na prova.

Para ter mais informações sobre este exame nacional, fique atualizado nas notícias sobre o Enem.

Apesar de existir religiões com grande número de adeptos no país, não custa lembrar que a atual Constituição garante liberdade religiosa e de culto para as pessoas. Se deseja saber como as religiões se relacionam e complementam, confira o mapa conceitual das religiões no mundo.

Questão

Questão 34

Maiores religiões do Brasil
SMITH, D. Atlas da Situação Mundial. São Paulo: Cia. Editora Nacional. 2007 (adaptado).

Uma explicação de caráter histórico para o percentual da religião com maior número de adeptos declarados no Brasil foi a existência, no passado colonial e monárquico, da

a) incapacidade do cristianismo de incorporar aspectos de outras religiões.
b) incorporação da ideia de liberdade religiosa na esfera pública.
c) permissão para o funcionamento de igrejas não cristãs.
d) relação de integração entre Estado e Igreja.
e) influência das religiões de origem africana.

[toggle title=”Confira a resolução ;)”]

Resposta: D

Habilidade: Associar as manifestações culturais do presente aos seus processos históricos.

Comentários: Esta questão relaciona passado-presente ao abordar o catolicismo como religião com maior número de adeptos atualmente no país. Em seguida, tenta procurar no passado a resposta para este predomínio, na forma como Estado e Igreja se integravam e complementavam no período colonial e monárquico brasileiro.

[/toggle]

7 Comments

  1. klaus do iate 19 de setembro de 2012 at 8:40 - Reply

    E esta integração entre Estado e Igreja cristã data de Cosntantinus I e a primeira tentativa de desvincular Estado Ocidental da Igreja Catolica foi a Rev Francesa. Integração entre Estado e Igreja vem desde sumerios, os poderes temporal e espiritual dentro dos Estados sempre tentaram legitimar um ao outro. O unico Estado Budista – o imperio Indiano de Asoka nao emplacou por muito tempo. A natureza do budismo nao parece pertimitir este tipo de casamento e onde ele se fez, o preço foi a extinção do budismo no local. Dá o que pensar, ne?

    • Michel Goulart 19 de setembro de 2012 at 14:37 - Reply

      Certamente! Nas sociedades da antiguidade oriental, esta ligação Religião x Estado ajudava a legitimar o poder teocrático do rei, e sustentar os privilégios dos sacerdotes.

  2. klaus do iate 19 de setembro de 2012 at 8:41 - Reply

    Houve também o lamaismo tibetano, mas ali o poder temporal do Estado é que foi extinto.

  3. klaus do iate 19 de setembro de 2012 at 8:42 - Reply

    Este grafico de pizza também nao privilegia o fato brasileirissimo de que muitas pessoas transitam por mais de uma religiao.

  4. klaus do iate 19 de setembro de 2012 at 8:43 - Reply

    O exemplo de casamento entre poder temporal e espiritual, entre Estado e Religião melhor sucedido talvez seja o Islam.

  5. Longino 25 de setembro de 2012 at 1:39 - Reply

    Salve Sancta Romana Ecclesia!

  6. Thiago 27 de setembro de 2012 at 20:59 - Reply

    A religião católica apostólica romana não é mais maioria no Brasil.

Leave A Comment