Home/Notícias/Debate sobre rebeliões coloniais na BN

Debate sobre rebeliões coloniais na BN

dezembro 10th, 2013|Notícias|3 Comments


Quando os povos dizem não: Biblioteca Fazendo História debate rebeliões coloniais

Desde o período colonial, o Brasil enfrenta revoltas populares que dizem não a medidas autoritárias e de prejuízo ao equilíbrio social. Para debater o tema, a Revista de História da Biblioteca Nacional reúne os historiadores e professores João Henrique Ferreira de Castro (Colégio Pedro II) e Fabiano Vilaça dos Santos (UERJ). O encontro acontece terça-feira, 17 de dezembro, às 17h, no Auditório da Biblioteca Nacional, com mediação do pesquisador Marcello Scarrone. A entrada é gratuita.

Flyer sobre evento na Biblioteca Nacional

Semelhanças e diferenças entre as revoltas do Brasil colonial e contemporâneo serão abordadas no evento. Os principais motivos para descontentamento, por exemplo, se repetem desde o século XV: aumento de impostos, abuso de poder de autoridades, aumento do preço de gêneros de primeira necessidade, entre outros. Além disso, um comportamento padrão permanece: manifestantes tomam conta de praças, cercam o palácio do governador e se dirigem à Câmara Municipal. Caso as reivindicações não sejam atendidas, o protesto se estende por mais alguns dias, ou meses, até que suas lideranças são reprimidas com castigos exemplares.

O debate abordará também outro aspecto das rebeliões coloniais: muitas delas eram contra medidas que afetavam diretamente à elite. Um exemplo disso éa conspiração do Grão-Pará e do Maranhão para entregar o território ao rei da França em desaprovação à substituição da escravidão indígena pela negra.

Quem não puder ir até o auditório da Biblioteca Nacional terá a possibilidade de acompanhar o debate ao vivo pelo Twitter da revista, http://twitter.com.br/rhbn, e a transmissão simultânea pelo Instituto Embratel, www.institutoembratel.org.br. Após o evento serão distribuídos aos alunos certificados de participação que valem como horas de atividades complementares em suas universidades. Além disso, será sorteada uma assinatura anual da revista.

Publicada pela Sociedade de Amigos da Biblioteca Nacional – SABIN -, a Revista de História da Biblioteca Nacional é vendida nas bancas de todo o país e tem 110 mil exemplares distribuídos mensalmente para todas as escolas públicas do Brasil. Há oito anos a Revista conta com o patrocínio da Petrobras, a maior empresa brasileira e maior patrocinadora da cultura nacional.

Detalhes do Evento

  • Tema do debate: Rebeliões Coloniais: quando os povos dizem não
  • Data: 17 de dezembro, terça-feira, às 17h
  • Local: Auditório Machado de Assis da Biblioteca Nacional, Rua México, s/nº
  • Preço: Entrada Franca

3 Comments

  1. Klaus do Iate 13 de dezembro de 2013 at 10:56 - Reply

    Putz, pena que trabalho as 19h deste dia. Já fui a outros debates (Pedro II era republicano? A criaçao do Renascimento) da revista na Biblioteca e é fascinante.

  2. Klaus do Iate 14 de dezembro de 2013 at 8:30 - Reply

    ô se é

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.