Enem 2012: Análise da prova de História

Home » Vestibulares » Enem 2012: Análise da prova de História

ACERTAMOS!!! É a primeira coisa que podemos dizer, considerando que muito do que foi dito na nossa análise do Enem se confirmou no Enem 2012. Nesta postagem, vamos fazer a análise completa da prova de história realizada em novembro, considerando todos os aspectos que já abordamos: número de questões, alternativas, habilidades e competências, temas e macrotemas de História Geral e História do Brasil, fontes mais utilizadas.

Número de questões

O que dissemos: na postagem a evolução da parte de história no Enem, haviámos dito que, a partir do novo Enem (2009-2012), o número de questões de História aumentou. Na última edição (2011), tivemos 19 questões de História.

O que ocorreu: nesta edição (2012), nenhuma surpresa, o número estabilizou em 20 questões. Isto significa que, aproximadamente 45% da prova de Ciências Humanas consistiu em questões de História. A surpresa foi a cobrança de muitas questões de Filosofia e Sociologia, como parte do novo currículo do Ensino Médio.

Alternativas

O que dissemos: na postagem saiba em qual alternativa chutar no Enem, havíamos dito que a maior parte das questões de História se concentravam na alternativa E como resposta correta. Inclusive, fizemos uma brincadeira dizendo que, se o candidato tivesse que chutar, que fosse na letra E.

Alternativas do Enem 2012

O que ocorreu: nesta edição (2012), o gráfico mostra que a tendência se manteve, ou seja, 40% das questões tinha na letra E a alternativa correta. Acertamos! o/

Temas de História do Brasil

O que dissemos: na postagem temas de História do Brasil que caem no Enem, havíamos dito que, nas edições anteriores, os temas de História do Brasil prevalecia sobre os temas de História Geral, especialmente a partir de 2009. Dentre os macrotemas, prevalecia Brasil República. Por sua vez, os principais temas eram: República Velha, Era Vargas e Segundo Reinado.

Macrotemas de História do Brasil no Enem 2012

Temas de História do Brasil no Enem 2012

O que ocorreu: nesta edição, o número de questões sobre o macrotema Brasil Colonial foi o mesmo de Brasil República, o que mostra uma preocupação maior com o passado mais distante de nossa história.

Dentre os temas, Era Vargas continuou soberano, com três questões abordando a Revolução Constitucionalista de 1932, Estado Novo e o surgimento de políticas públicas de proteção ao patrimônio histórico e cultural.

Sobre o nosso passado colonial, caíram questões sobre a escravidão (tema recorrente), práticas religiosas e política indigenista no período. Sobre o Segundo Reinado, caiu uma questões sobre migração, um aspecto que também costuma ser muito cobrado no Enem.

A grande surpresa (ou zebra) desta edição, foi a ausência de questões sobre a República Velha, considerando que o tema vinha sendo cobrado em quase todas as edições anteriores.

Temas de História Geral

O que dissemos: na postagem temas de História Geral que caem no Enem, havíamos dito que História Geral vinha perdendo espaço nas últimas edições do Enem. O tema Revolução Industrial liderava no ranking de questões, com duas por edição entre 2009 e 2011.

Macrotemas de História Geral no Enem 2012
Temas de História Geral no Enem 2012

O que ocorreu: nesta edição, houve um equilíbrio entre questões de História do Brasil e História Geral, com 10 questões cada. O macrotema Idade Contemporânea continua sendo o mais cobrado, com seis questões no total, coerente com o conteúdo programático do Enem.

O tema Revolução Industrial foi cobrado uma vez, mantendo a tendência que haviámos discutido em postagens anteriores. Sobre o assunto, foi cobrado conhecimentos sobre trabalho e exploração. Sobre a Guerra Fria, foram cobrados conhecimentos de movimentos sociais e cultura na década de 1960.

Alguns temas apareceram somente nesta edição, como Revolução Inglesa e Independência Afro-Asiática.

Competências e Habilidades

O que dissemos: nas postagens as competências mais cobradas do Enemas habilidades mais cobradas no Enem, haviámos dito que havia uma tendência em cobrar questões relacionadas com práticas e movimentos sociais, além de diversidade cultural e pluralidade. A Habilidade 11 e a Competência 3 apareciam com mais frequência nas questões do Enem.

Habilidades no Enem 2012

Competências do Enem 2012

O que ocorreu: ponto para o prof. Michel Goulart, que identificou corretamente a tendência nas questões do Enem. A Competência 3 foi novamente a mais cobrada, líder isolada aparecendo em 35% das questões de História. E, claro, a Habilidade 11 e a Habilidade 12 tiveram três questões cada, sendo que ambas pertencem à Competência 3.

Fontes Históricas

O que dissemos: na postagem  as fontes históricas mais usadas no Enem, haviámos dito que o ênfase em documentos secundários mostrava, de certa forma, a perda da complexida do Enem nas últimas edições. Dentes as questões de História, poucos apresentavam imagens ou documentos primários. Leia o texto para compreender o que significa fonte histórica.

Fontes Históricas no Enem 2012

O que ocorreu: nesta última edição, houve uma grande inversão (ainda bem). Os documentos secundários, que dominavam as questões de História, apareceram em apenas 20% das questões. A maior parte das questões apresentaram documentos primários. Em relação às imagens, uma grande variedade delas, como mosaicos, cartazes, charges e até uma capa de revista em quadrinhos do Capitão América.

Conclusão

A nossa metodologia de análise do Enem se mostrou correta, valendo o esforço da empreitada. Para o ano que vem, o MEC promete duas edições da prova, uma no primeiro semestre (data incerta) e outra em novembro. Assim, se você vai encarar o Enem pela primeira vez, ou vai fazer uma nova tentativa, leia o que já escrevemos e acompanhe as nossas postagens.

Você não vai se arrepender! 😉

By | 2014-01-25T20:12:32+00:00 6 de novembro de 2012|Categories: Vestibulares|Tags: , |16 Comments

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

16 Comments

  1. Junior Fernandes 7 de novembro de 2012 at 16:32

    Lembrei muito da matéria sobre as questões que mais são corretas nas provas de História. Fui mais nas D) e E) Abraço

  2. Michel Goulart 7 de novembro de 2012 at 17:13

    Legal, Junior, e a tendência se confirmou nesta edição.

  3. Wedding Dress 14 de novembro de 2012 at 23:54

    I really feel you¡¯ve made sound and unique points that are highly relatable to your readers. Your article has made a big difference in how I think about this subject.

  4. How you can 17 de novembro de 2012 at 2:27

    I real equal when you handle this write of hokum wrong your posts. Perhaps could you prolong this?

  5. Daniel 2 de Abril de 2013 at 22:13

    Muito bacana a análise. Bem feita. Seria tão bacana se outros sites fizessem o mesmo com as provas de geografia, português, inglês/espanhol e principalmente matemática (que sozinha são 45 questões e quanto mais se acerta maior a pontuação).

  6. Daniel 2 de Abril de 2013 at 22:17

    Vocês pensam em analisar a prova que foi aplicada com presos em 2012? Seria interessante, não?

  7. Michel Goulart 3 de Abril de 2013 at 13:58

    No momento, não tenho vontade de fazer absolutamente nada

  8. Alexandre Lima 17 de Abril de 2013 at 17:47

    Michel, eu estava lendo sobre os assuntos que mais caem em história geral, não ficou muito claro pra mim se Revolução Inglesa e Independência Afro-Ásiatica são os únicos diferentes, ou um dos únicos, por favor me responda, estou com essa dúvida.
    Obs: ótimo isso que você está fazendo.

  9. Michel Goulart 17 de Abril de 2013 at 18:42

    Como assim? Não entendi a pergunta

  10. Alexandre Lima 17 de Abril de 2013 at 21:08

    Na sua postagem você disse “Alguns TEMAS cairam apenas nesta edição”, são esses dois os únicos temas?
    (revolução inglesa e Independência Afro-Ásiatica), ou tem mais outro TEMA?

  11. Alef Machado 5 de Maio de 2013 at 20:00

    oi,acabei de relembrar ninhas notas,e acertei setenta por cento 🙂

  12. Rafaela 22 de agosto de 2013 at 23:03

    eu ameeei aqui, muito demais mesmo!! Adorei 🙂

  13. paulo ramos 4 de setembro de 2013 at 7:49

    análise surpreendente realmente pode ajudar muitos alunos que iram prestar o enem …..

  14. Michel Goulart 4 de setembro de 2013 at 15:04

    Legal que foi útil, Paulo

  15. Muri 24 de setembro de 2013 at 18:42

    Oi, Michel. Muito boa a sua análise. Foi muito útil.
    Voce sabe se algum outro blog faz análise semelhante com outras matérias?
    Obrigada!

  16. Alice Covre Ohnesorge 10 de outubro de 2013 at 18:48

    Me ajudaram bastante!! Surpreendente. Obrigada!!

Leave A Comment