Home/Curiosidades/10 jogos antigos que inspiraram o futebol

10 jogos antigos que inspiraram o futebol

abril 14th, 2014|Curiosidades|1 Comment


O futebol, esporte popular no mundo todo, tem suas raízes em diversas manifestações culturais. Sociedades, culturas e civilizações nos mais diversos continentes e períodos históricos, praticavam esportes que se assemelham ao atual futebol. Vamos conhecer alguns deles.

Esta lista foi extraída e adaptada do site Wikipedia.

1- Tsu Chu

Futebol-Historia-Tsu-Chu

Na China Antiga, por volta de 3000 a.C, os militares chineses praticavam um jogo que na verdade era um treino militar. Após as guerras, formavam equipes para chutar a cabeça dos soldados inimigos. Com o tempo, as cabeças dos inimigos foram sendo substituídas por bolas de couro revestidas com cabelo. Formavam-se duas equipes com oito jogadores e o objetivo era passar a bola de pé em pé sem deixar cair no chão, levando-a para dentro de duas estacas fincadas no campo. Estas estacas eram ligadas por um fio de cera.

2- Kemari

Futebol-Historia-Kemari

Jogo de Kemari, gravura de Akisato Rito, 1799

No Japão Antigo, foi criado um esporte muito parecido com o futebol atual, porém se chamava kemari. Praticado por integrantes da corte do imperador japonês, o kemari acontecia num campo de aproximadamente 200 metros quadrados. A bola era feita de fibras de bambu e entre as regras, o contato físico era proibido entre os 16 jogadores (8 para cada equipe). Historiadores do futebol encontraram relatos que confirmam o acontecimento de jogos entre equipes chinesas e japonesas na antiguidade.

3- Epyskiros

Futebol-Historia-Epyskiros

Na Grécia Antiga, a primeira referência ao epyskiros vem do livro Sphairomachia, de Homero, um livro grego só sobre esportes com bolas. Nele é citado o epyskiros, um esporte disputado com os pés, num campo retangular, por duas equipes de onze jogadores. O número desses, porém, podia mudar de acordo com as dimensões do campo. Podia-se ter até 17 jogadores de cada lado, como acontecia no século I a.C. em Esparta. A bola era feita de bexiga de boi e recheada com ar e areia, que deveria ser arremessada para as balizas, no fundo de cada lado do campo.

4- Harpastum

Futebol-Historia-Harpastum

Descendente do epyskiros, o harpastum foi um esporte praticado por volta de 200 a.C., na Roma Antiga. O harpastum era disputado num campo retangular, divido por uma linha e com duas linhas como meta. A bola, feita de bexiga de boi, era chamada de follis. O harpastum era um exercício militar, o que fazia uma partida poder durar horas. Com as conquistas romanas, ele foi difundido por outras regiões da Europa, da Ásia Menor e do Norte da África.

5- Pok ta Pok

Futebol-Historia-Pok-Ta-Pok

Entre os anos de 900 e 200 a.C., na Península de Iucatã, atual México, os habitantes do Império Maia praticavam um jogo (pok ta pok) com os pés e as mãos. O objetivo do jogo era arremessar a bola num furo circular no meio de seis placas quadradas de pedras. Para os maias, jogar era participar na manutenção da ordem cósmica do universo e regeneração ritual da vida. Era um jogo de sorte e perícia, refletindo a vida. O esforço de equipe levava à partilha de comportamento e cultura. Na linha de fundo havia dois templos, onde o atirador-mestre (o equivalente ao capitão da equipe) do grupo perdedor era sacrificado.

6- Ullamaliztli

Futebol-Historia-Ullamaliztli

A versão do jogo de bola, no Império Asteca, é chamada ullamaliztli. As cidades astecas, como outras cidades mesoamericanas, tinham normalmente vários campos de jogo de bola chamados tlachtli. Na capital asteca, Tenochtitlan, o principal campo de jogo de bola era chamado teotlachco, e eram realizados importantes rituais nos festivais do mês Panquetzaliztli, incluindo sacrifícios humanos de quatro cativos em honra de Huitzilopochtli e do seu arauto Paynal. Para os astecas, o jogo de bola tinha também um significado religioso.

 7- Soule

Futebol-Historia-Soule

Durante a Idade Média, na região onde atualmente fica a França, foi criado o soule, uma versão do harpastum, introduzido pelos romanos entre os anos de 58 e 51 a.C.. As regras do soule variavam de região à região. Seu nome também, onde era chamado de choule na Picardia. O soule foi um esporte da realeza, praticado pela aristocracia. O rei Henrique II da França, proibiu o jogo, pois o mesmo era violentíssimo e barulhento. Sendo assim, criou a lei que decretava a proibição desse esporte, e aqueles que o praticassem poderiam ir até para a prisão.

8- Calcio

Futebol-Historia-Gioco-Calcio

Jogo de Calcio em Florença, gravura de Pietro di Lorenzo Bini, 1688

Não é por acaso que os italianos chamam hoje o futebol de calcio. O esporte foi criado em Florença, e por isso, chamado de calcio fiorentino. As regras só foram estabelecidas em 1580, por Giovanni di Bardi. O jogo passou a ser arbitrado por dez juízes, e a bola podia ser impulsada com os pés ou as mãos, e precisava ser introduzida numa barraca armada no fundo de cada campo. Não havia limite de jogadores (levando-se em conta o tamanho do campo, claro), por isso a necessidade de tantos juízes. O esporte se espalhou rapidamente por todo país, e hoje é uma festa anual em várias cidades da Itália.

9- Schrovetide

Futebol-Historia-Schrovetide

O primeiro registro de um esporte semelhante ao futebol atual nos territórios bretões vem do livro Descriptio Nobilissimae Civitatis Londinae, de Willian Fitztephe, em 1175. A obra cita um jogo durante a Schrovetide (espécie de Terça-feira Gorda), em que habitantes de várias cidades inglesas saíram à rua chutando uma bola de couro para comemorar a expulsão dos dinamarqueses. A bola simbolizava a cabeça de um invasor. Por muito tempo o futebol foi meramente um festejo para os ingleses. Lentamente o esporte passou a ficar cada vez mais popular.

10-Football

Futebol-Historia-Football

Jogo de Football, gravura de 1846

Em 1700, na Inglaterra, foram proibidas as formas violentas do futebol. O esporte, então, teve que mudar, e foi ganhando aspectos mais modernos. Em 1710, as escolas de Covent Garden, Strand e Fleet Street passaram a adotar o futebol como atividade física. Com isso, depressa ganhou novos adeptos, que acabaram largando outros esportes populares, como o tiro desportivo e a esgrima. Com a difusão do esporte pelos colégios do país, o problema passou a ser os diferentes tipos de regra em cada escola. Duas regras de diferentes colégios ganharam destaque na época: um jogo só com o uso dos pés, e o outro com o uso dos pés e das mãos. Criou-se, assim, o football e o rugby, em 1846.

One Comment

  1. Klaus do Iate 15 de abril de 2014 at 13:09 - Reply

    Prof Michel, irretocável, aprendi muito. Obrigadão. Que legal

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.