Home/Curiosidades/15 curiosidades sobre São Jorge

15 curiosidades sobre São Jorge

abril 23rd, 2012|Curiosidades|18 Comments


Dia 23 de abril é dia de São Jorge. No Rio de Janeiro, esta data é celebrada com um feriado estadual através da lei nº 5.198, sancionada pelo governador Sérgio Cabral, em 2008. Este fato acabou despertando a minha curiosidade a respeito desta figura histórica que muitos historiadores ainda questionam que tenha existido. O fato é que São Jorge não está ligado apenas ao cristianismo. Ele é cultuado também em outras crenças e representa exemplo máximo de sincretismo religioso, além de fazer parte da cultura popular brasileira. Desta forma, vamos conhecer um pouco mais sobre ele através de 15 curiosidades sobre São Jorge.

PIntura de São Jorge segurando uma lança

– O dia de São Jorge é o dia de seu falecimento, 23 de Abril de 303, na Nicomédia. Seus restos mortais estão na Igreja de São Jorge, na Lídia, Israel.

– De acordo com a lenda, São Jorge nasceu no ano 275, na Capadócia, hoje território da Turquia. Ingressou no exército romano e, aos 23 anos, se tornou tribuno militar na Nicomédia. Ao ver que o imperador Diocleciano perseguia e matava os cristãos, passou a defendê-los. Por este motivo, foi torturado e degolado.

– São Jorge é um santo que, de certa forma, une diversas tradições cristãs ligadas ao catolicismo. Ele é um dos santos mais venerados na Igreja Católica Apostólica Romana, na Igreja Ortodoxa e na Igreja Anglicana.

– São Jorge é um dos catorze santos auxiliares do catolicismo. Os outros treze são: Santo Acácio, Santa Bárbara, São Brás, Santa Catarina de Alexandria, São Cristóvão, São Ciríaco, São Dênis, São Erasmo, Santo Eustáquio, Santo Egídio, Santa Margarida de Antioquia, São Pantaleão e São Vito.

– Apesar do conhecimento geral, São Jorge não é o padroeiro da Inglaterra, pois o Papa Leão XII substituiu, em 1893, São Jorge por São Pedro. Entretanto, a bandeira da Inglaterra ainda usa a cruz de São Jorge (a bandeira com a cruz vermelha sobre fundo branco).

Bandeira da Inglaterra

– A cruz de São Jorge foi adotada pelo rei Ricardo Coração de Leão, no século XII. Os soldados do rei utilizavam este símbolo em suas túnicas para evitar confusão em batalha.

– O Papa Paulo VI, em 1963, rebaixou São Jorge para santo menor de terceira categoria. Em 2000, o Papa João Paulo II restaurou a relevância do santo, que voltou a aparecer nos missais como santo patrono da Inglaterra.

– Para fugir da perseguição, os praticantes do candomblé associavam um orixá a um santo católico. Desta forma, Ogum, o deus guerreiro, é associado a São Jorge.

– São Jorge é o padroeiro da Catalunha. Uma lenda regional diz que, após matar o dragão, ele deu à princesa uma rosa vermelha. Assim, no dia 23 de abril, especialmente em Barcelona, é comum que o homem dê à sua esposa ou namorada uma rosa vermelha.

– De acordo com tradição que surgiu apenas em meados do século XII, São Jorge matou um dragão. O dragão simboliza a idolatria destruída com as armas da fé cristã. Diz a tradição que as manchas na lua representam o milagroso santo e sua espada pronto para defender aqueles que buscam sua ajuda.

São Jorge matando o dragão

– A representação de São Jorge matando o dragão pode ter origem na mitologia nórdica, pela figura de Sigurd, o caçador de dragões.

– William Shakespeare nasceu e morreu no dia de São Jorge. Nasceu em 23 de abril de 1564 e morreu em 23 de abril de 1616.

– São Jorge é padroeiro do Corinthians. Acredita-se que sua história de devoção e fidelidade ao cristianismo até o fim de sua vida seja a origem do termo “Fiel”, popular entre os torcedores e presente em várias agremiações corintianas.

– No Brasil, São Jorge também é padroeiro dos escoteiros, da cavalaria do exército. As tatuagens associadas a este santo estão entre as mais populares no país. No Rio de Janeiro, a data da morte do santo se tornou feriado devido à grande quantidade de devotos.

– Na música nacional, São Jorge já foi homenageado em canções por Jorge Ben, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Fernanda Abreu, Racionais MC’s, Zeca Pagodinho e pela banda Angra. Na música internacional, a banda Iron Maiden fala do santo na música “Flash of Blade”, no álbum Powerslave.

18 Comments

  1. Sérgio Lima 23 de abril de 2012 at 15:14 - Reply

    Opa Prof. Michel,

    Primeiro o “off-topic” Uaul o novo tema do História Digital ficou excelente! Limpo e mais fácil de navegar…

    E segundo e não menos importante… o São Jorge me surpreendeu com as curiosidades… aqui no Rio os policiais o tem como santo padroeiro… em geral, carro de policial tem um adesivo do São Jorge 🙂

    Salve, salve São Jorge! abração.

    • Michel Goulart 23 de abril de 2012 at 15:32 - Reply

      Grande Sérgio! Valeu o feedback. Quando vai ter mais um evento quente aí no RJ? ;D

    • Gabriel Subtil 23 de abril de 2012 at 16:39 - Reply

      O Cara que fez personalizou esse layout é gênio mesmo!

  2. Márcia Imbuzeiro Felinto de Oliveira 24 de abril de 2012 at 8:50 - Reply

    Acho ótimo esse estilo de contar curiosidades sobre temas. É um modo inteligente, ágil, claro e objetivo. A gente se informa e aprende, porque o interesse é despertado. Parabéns.

    • Michel Goulart 24 de abril de 2012 at 10:11 - Reply

      Márcia, na verdade escolhi este formato porque sei da dificuldade que a galera tem de ficar lendo na internet. Desta forma, intercalo imagens e texto, facilitando a leitura. Claro que seria mais intelectual se eu escrevesse em texto corrido. No entanto, optei por este formato. Que bom que você gostou.

  3. klaus provenzano 24 de abril de 2012 at 10:23 - Reply

    Talvez Jorge da Capadócia não tenha existido! Havia um Jorge do Egito, ricaço comerciante na alta administração romana da diocese do Egito nos seculo IV quando o império oriental estava fortemente cristianizado Pos-Constantinus I. É mais glamuroso contar que ele era um dos n martires produzidos por Dioclecianus pouco antes.
    A imagem do heroi lancetando um dragão é muito antiga e egipcia (Seth na proa da barca de Rá arpoando Apepi, o Boitatá egipcio a cada noite quando o Sol /Rá acaminha no pais de baixo). Temos que lembrar que antes montar cavalos, os povos andavam de barca e que a palavra drako vem do grego, que significa cobra, sinonimo de ophis.
    Os primeirissimos dragoes das lendas (entre egipcios Apepi; gregos, Delphine morta por Apolo; e germanos, Jormungand, a serpente da Midgard que rodeia o mundo e que batalha com Thor ) era um reptil sem asas, sem patas e sem cuspir fogo. O dragão chinês já tem uma outra origem…
    S Jorge tem tanta aceitação entre tais profissoes porque é um santo que tem atitude de macho.Tb sou devoto dele.

    • Michel Goulart 24 de abril de 2012 at 13:24 - Reply

      E o que é a história senão esta construção. Excelentes observações.

  4. tiele 17 de abril de 2013 at 15:42 - Reply

    otimo

  5. Antenildo Miranda 12 de maio de 2013 at 15:56 - Reply

    O Papa Paulo vl, não rebaixou S. Jorge e Sao Cristovao, mas cassou os por falta de Evidencias historicas. como acreditar em um gigante q carregou Jesus nos obros atravesa ndo um rio(folclore) , e u m Soldado que mata dragao, que eu saiba dragão so nas estorias infantis.

  6. Rose 20 de novembro de 2013 at 9:20 - Reply

    Ola,
    Adorei, leitura bem proveitosa para a minha curiosidade a respeito da vida dos Santos Católicos.
    Procuro sempre histórias de todos os Santos “Vida e milagres” o que me chama muito a atenção é o fato de tudo na vida dos Santos é a simplicidade junto a paciência e a fé infinita pelo amor de Cristo fiel e presente. Bom quero agradecer por essa história contada assim contada.

  7. samir thomé 23 de abril de 2015 at 11:38 - Reply

    OLA BOA TARDE E FELIZ AQUELES QUE NASCERAM NESTE DIA COM EU, “SALVE JORGE” QUERO DIZER E DEIXAR AQUI UM PEDIDO, TEM QUEM ACREDITA E QUEM NÃO ACREDITA EM FATOS E HISTORIAS, MAS PEÇO QUE, AQUELES QUE NÃO ACREDITE , QUE GUARDE APENAS PAR SI, POIS A FÉ E A CRENÇA, É DE CADA UM. SE NÃO ESTA SATIFEITO GUARDE PARA SI APENAS. E NÃO ESPALHE A FALTA DE CRENÇA E RANCOR, DEUS NOS DEU O DIREITO E GOSTAR, RESPEITE , PARA QUE SEJA RESPEITADO, AME PARA QUE SEJAS AMADO, E PERDOE PARA QUE SEJAS PERDOADO. FELIZ ANIVERSSARIO PARA MIM, E OBRIGADO , A SÃO JORGE, POR PERMITIR , QUE, EU ME CONCIDERE, PROTEGIDO POR TI. E QUE VENHAS OS DRAGÕES, POIS TUAS ARMAS ME PROTEGE E TUA ARMADURA ME VESTE.

  8. FERNANDO DRUZIANI 14 de maio de 2015 at 19:24 - Reply

    Bom primeiramente como filho de Ogum e de São Jorge como assim me considero, tenho em minha crença e fé que ele não só existiu personificamente, como existe hoje espiritualmente, realizando benfeitorias e proteção aos seus filhos. O respeito sempre é a melhor opção quando se fala em religião.
    Historicamente, além das evidências dos seus restos mortais estarem na Lidia, há a denominação para a espada de São Jorge, ASCALÓN, e posteriormente foi dado esse nome à uma das cidades que hoje compõe a faixa de gaza.

    SALVE SÃO JORGE.

  9. joão rolim 24 de maio de 2015 at 16:08 - Reply

    a pergunta é se realmente são jorge nasceu no ano 275 dc então quer dizer que antes do seu nascimento a lua não tinha sua imagem? ou a imagem de são jorge foi trada da lua?

  10. Angelo F. Benetti 15 de agosto de 2015 at 17:56 - Reply

    Interessante. Jorge, um Cristão que não adorava santos de idolatrias foi morto por um Imperador Romano. E o Imperador Romano Constantino após tomar o Cristianismo de assalto fundou a igreja universal a qual chamamos de Católica impondo aos cristãos a devoção a santos de idolatria sob as penas da inquisição e transformou Jorge; o cara que lutou contra idolatria em idolatria. Tem algo errado na história do catolicismo que os católicos preferem fechar os olhos para isso

  11. ana aline reis 23 de maio de 2016 at 22:31 - Reply

    A idolatria está no coração de quem á pratica a devoção e a admiração também. Ambos são sentimentos diferentes. Cabe somente a Deus jugar. Quanto quem fundou a igreja católica foi jesus. pois até então eu só conheço a mesma que tem fieis espalhados nos quatro cantos do mundo e que resistiu todas as provações e força do mal nem uma conseguiu derruba. # admiro e espelho tudo que é bom, pois de ruim já tenho demais.

  12. Sther 23 de abril de 2017 at 3:11 - Reply

    Ana Aline Reis, quem fundou a Igreja Católica, foi Pedro. Procure estudar as religiões. Salve Jorge.

  13. joseli de oliveira pereira santos 23 de abril de 2017 at 9:51 - Reply

    È bom saber história destes Homens que foram denominados santos entre toda os fatos contados existe uma coisa verdadeira o único que nasceu de uma mulher morreu e resuscitou dos mortos e tem poder e autoridade para salvar o Homem é JESUS CRISTO que DEUS abençoe a todos neste dia a bíblia confirma isto no livro de joão capitulo 14 – 6 que diz eu sou o caminho a verdade e a vida ninguém vai ao pai senão por mim !!!

  14. joseli de oliveira pereira santos 23 de abril de 2017 at 9:58 - Reply

    È bom saber história destes Homens que foram denominados santos entre toda os fatos contados existe uma coisa verdadeira o único que nasceu de uma mulher morreu e resuscitou dos mortos e tem poder e autoridade para salvar o Homem é JESUS CRISTO que DEUS abençoe a todos neste dia a bíblia confirma isto no livro de joão capitulo 14 – 6 que diz eu sou o caminho a verdade e a vida ninguém vai ao pai senão por mim !!!

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.