15 imagens dos protestos de 2013

Home » Curiosidades » 15 imagens dos protestos de 2013

Não há dúvidas de que as manifestações que estamos presenciando, e que está se espalhando por todo o Brasil, já entraram para a história. Neste curto espaço de tempo desde o início dos protestos, até a escrita desta postagem, pouco tempo passou. Porém, já é possível registrar imagens que vão ficar marcadas na memória deste país. Confira!

Se você deseja saber um pouco do contexto histórico em que estão ocorrendo os protestos, assim como a origem dos protestos contra aumento de tarifas em transportes coletivos, leia estas duas postagens

No Brasil!

Manifestante protesta com um exemplar da Constituição brasileira nas mãos.

Protestos-Constituicao

O centro do Rio foi palco da maior passeata da série de protestos contra o aumento no preço das passagens de ônibus ocorrida na cidade. O ato foi pacífico até perto das 20 horas, quando um pequeno grupo subiu as escadarias da Assembleia Legislativa do Rio para tentar invadir o prédio, causando confrontos com a polícia.

Protestos-Alerj

Manifestantes protestam nos arredores da Arena Castelão, em Fortaleza, Ceará, antes da partida entre Brasil e México pela Copa das Confederações.

Protestos-Arena-Castelao

Manifestantes invadem o topo do Congresso Nacional, em Brasília.

Protestos-Brasilia

Manifestantes ateiam fogo em pneus e paralisam o trânsito em frente ao Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, durante protesto contra os jogos da Copa.

Protestos-Estadio-Mane-Garrincha

Manifestantes entram em confronto com a polícia durante protesto em frente ao estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Protestos-Estadio-Maracana

Ativista segura placa durante ato em São Paulo.

Protestos-Mudando-Brasil

Milhares de pessoas tomaram o centro do Rio de Janeiro.

Protestos-Rio-de-Janeiro

Multidão se reúne em nova manifestação contra o aumento da tarifa no transporte público de São Paulo.

Protestos-Sao-Paulo

Esta foto foi capturada em 03 de junho de 2013, por Felipe Paiva, e mostra ataque da polícia militar em São Paulo.

Protestos-Policia

Cidadã é atacada com spray de pimenta em protesto no Rio de Janeiro.

Protestos-Spray-Pimenta

Lá fora!

Manifestantes gritam palavras de apoio durante ato a favor dos protestos no Brasil, em Barcelona, na Espanha.

Protestos-Barcelona

Brasileira segura cartaz questionando a Copa do Mundo no Brasil durante manifestação em Copenhague, na Dinamarca.

Protestos-Dinamarca

Com rostos pintados de verde e amarelo, bandeiras do Brasil e entoando palavras de ordem, cerca de 2 mil pessoas vão a uma das principais avenidas de Dublin, na Irlanda.

Protestos-Irlanda

Grupo de brasileiros reunidos na região central de Londres para realizar um protesto em solidariedade às diversas manifestações que vêm acontecendo no Brasil.

Protestos-Londres

By | 2015-04-26T10:10:51+00:00 19 de junho de 2013|Categories: Curiosidades|Tags: , , , , |21 Comments

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

21 Comments

  1. Tatiane 20 de junho de 2013 at 11:05

    É uma coisa até emocionante de ser ver, espero que não pare, temos muito pelo que lutar ainda!

  2. Taiara 20 de junho de 2013 at 12:58

    Parabéns pela seleção das imagens. São de arrepiar.

  3. Michel Goulart 20 de junho de 2013 at 15:40

    É a história acontecendo, Taiara.

  4. Klaus do Iate 21 de junho de 2013 at 10:25

    A Historia não mora dentro de livors embolorados, a Historia é viva. E quem não conhece seu passado está fadado a repeti-lo. Portanto vale a pena ler ainda hoje antes de sair para as ruas os capitulos:
    1) Rev Francesa- Fase do Terror 2) Ditadura Militar brasileira – Marcha da Familia com Deus pela Liberdade. Assim que eu puder postarei alguma coisa do Toynbee e do Hobsbawn a respeito da efetividade de manifestações de massa.

  5. Michel Goulart 21 de junho de 2013 at 15:20

    Mas o contexto histórico hoje é outro. Por exemplo, não há mais o medo do comunismo, como na década de 1960. Da mesma forma, dificilmente teremos um período de “corta-cabeças” como na época de Robespierre. Devemos, sim, observar as manifestações como uma certa dose de ceticismo, mas não dá para negar o sentimento de satisfação ao ver o povo nas ruas.

  6. Klaus do Iate 25 de junho de 2013 at 7:30

    A História não se repete ipsi literis com certeza, mas o contexto não é assim tão diferente. Vi gente pedindo governo PSDB de volta e até ultradireitistas (componentes da passeata) clamando por, impecheament imediato da Dilma ou intervenção militar no velho estilo Savadores da Patria- Pepublica da espada. Sem contar fora da passeata, onde alguns bem poderosos só sabiam enxergar o movimento todo como baderna. A propria Globo no inicio se enroscou toda tentando ignorar o movimento e depois vendo que perdia audiência passou a cobrir mais efetivamente o evento, que afinal ferrou seus lucros com a Copa.

  7. Klaus do Iate 25 de junho de 2013 at 7:35

    Vc está absolutamente certo, não há mais o medo do comunismo. E realmente como a situação está com Congresso propondo pec 33 e pec 37, algo deveria ser feito. Os meios de organização estavam logo ali, as redes sociais, o exemplo da Primavera Arabe também. A questão básica é: qual a reação do poder? O povo já fez seu lance no jogo. Pode ser que um grupo mais inflamado do PT domine, pode ser o oposto que ” a baderna” autoriza uma volta do Estado Minimo (principalmente minimo nas causas sociais) do PSDB. As duas seriam péssimas.

  8. Klaus do Iate 25 de junho de 2013 at 7:39

    Num regime presidencialista, obviamente o Executivo fica mais aparente, porem a doença principal que acomete a política brasileira está no menos aparente Legislativo (dos 3 níveis). Nisso as manifestações foram certeiras. Mas empunhar slogans justos, porem vagos de “mais saúde, mais educação”, “mais trasnporte coletivo” ,”contra a corrupção” , vai esvaziar o movimento. Apontar objetivos especificos renderia mais: “fim da imunidade parlamentar” “anulação das pec 33 e 37″, ” fim do subsidio a produção e compra de carros”, “cassar Renan Calheiros”.

  9. Klaus do Iate 25 de junho de 2013 at 7:44

    E reafirmo que, apesar de tudo, se vc quer bater no sistema onde dói tem que realizar trabalho de formiguinha, coisas menos espetaculares que passeatas de centenas de milhares: Não consuma tanto, não use drogas, leia muito, não acredite em tudo que igrejas ou mídia falam, não tenha tantos filhos, não lote estádios de futebol (os jogadores já estão bem riquinhos e demonstraram a o grau de preocupação que tem com povão), vote consciente, e depois vigie o cara que vc elegeu.

  10. Klaus do Iate 25 de junho de 2013 at 7:48

    O sistema é tão flexivel e tão voltado para consumo que já vejo revistas que aconselham que modelito usar durante uma passeata. Artistas que desfilam em ensaios com maquiagem hollywoodianas simulando hematomas faciais. A Adidas na mesma semana das manifestações já exibia um comercial de suas roupas onde um jovem enfrentava um policial a cavalo enquanto comemorava a seleção. Se Jesus iniciasse sua missão hoje, certamente seria convidado a falar em talking show ou reality show, mas seria interrompido durante sua argumentação para ser interrogado qual shampoo ele usava para ficar com “aqueles cachos”.

  11. Michel Goulart 25 de junho de 2013 at 8:01

    Também acho que há muito conceito vago por aí. Gostei dos objetivos específicos apontados por você.

  12. Michel Goulart 25 de junho de 2013 at 8:01

    Perfeito!

  13. Michel Goulart 25 de junho de 2013 at 8:02

    Se é que Cristo tinha cachos

  14. Michel Goulart 25 de junho de 2013 at 8:03

    Parafraseando Hannah Arendt: “o revolucionário de hoje é o político conservador no dia seguinte à vitória da revolução”.

  15. Klaus do Iate 27 de junho de 2013 at 10:10

    Isso mesmo, amigão. Mas mesmo um Cristo menos europeu e mais com cara de árabe atual pode ter cabelo crespo bonitão. Ou mesmo liso bonitão ou mesmo careca. E então certamente a Oprah ou Ana Maria Braga ou congênere o abordaria de modo merchandising. Se não fosse pelo cabelo seria pela barba, olhos, roupa.
    O sistema quer nos convencer que se pararmos de consumir desbragadamente haverá desemprego em massa e algo tipo a Crise de 1929 e a ascenção de regimes totalitários. Mas isto é FALSO.

  16. Klaus do Iate 27 de junho de 2013 at 10:18

    Crises por falta de consumo parecem inerentes ao capitalismo e essas flutuações ainda são mal entendidas (principalmente como se recupera o sistema). Mas se ainda assim ocorresse algo como a Crise de 1929, o preço a pagar seria pouco. A equação é simples, os recursos são limitados, nossa população está exagerada e ninguém deseja a autoregulação que acaba acontecendo nestes casos. Portanto vamos meter a mão no freio de mão. Que vc preferem, mornas reformas no prédio que aparentam não adiantar nada ou demolir tudo e reconstruir do zero?

  17. Klaus do Iate 27 de junho de 2013 at 10:22

    As coisas que vem pra ficar são feitas aos poucos. As Revoluções que realmente mudaram a vida das pessoas foram a Rev Neolítica e a Rev Industrial. Nenhuma delas aconteceu em semanas. A tão emblemática Rev Francesa teve avanços e recuos de modo que a França (epicentro do movimento desde 1789 que se espalhou pelo mundo) realmente só se livrou da Monarquia lá por 1870, quase 80 anos depois.

  18. Josué Nicácio 1 de Fevereiro de 2014 at 7:21

    Parabéns pela iniciativa. Porém falta o ES e outros estados. A população na rua deixa de ser espectadora, torcedora, e passa a ser protagonista. Este ano o povo fará história novamente!

  19. Michel Goulart 1 de Fevereiro de 2014 at 8:19

    Esperamos, principalmente para tirar este governo que está aí.

  20. Felipe Paiva 12 de Abril de 2014 at 8:01

    Olá Miguel. Me chamo Felipe Paiva e sou autor de uma foto neste artigo em que não foi devidamente creditada. A foto da polícia atirando, foi tirada no dia 13/06/2013 na Av. Consolação. Por favor, credita a foto.

  21. Michel Goulart 12 de Abril de 2014 at 11:09

    Me chamo Michel. Visitei sua página, as fotos são sensacionais. Vou creditar a sua foto. Obrigado pelo retorno.

Leave A Comment