7 livros indispensáveis de Eric Hobsbawm

Home » Livros » 7 livros indispensáveis de Eric Hobsbawm

Eric John Ernest Hobsbawm foi um historiador marxista britânico reconhecido como um importante nome da intelectualidade do século XX. Ao longo de toda a sua vida, Hobsbawm foi membro do Partido Comunista Britânico.

Um de seus interesses foi o desenvolvimento das tradições. Seu trabalho é um estudo da construção dessas tradições no contexto do Estado-nação. Argumentou que muitas vezes as tradições são inventadas por elites nacionais para justificar a existência e importância de suas respectivas nações.

1- Era das Revoluções

Capa do livro Era das Revoluções

>> Compre na Livraria Saraiva (R$ 60,00)

O livro A Era das Revoluções [1789-1848] mostra como a Revolução Francesa e a Revolução Industrial inglesa abriram o caminho para a renascença das ciências, da filosofia, da religião e das artes, mas não conseguiram resolver os impasses criados pelas fortes contradições sociais, que transformaram este período numa conturbada fase de movimentos revolucionários. O livro foi lançado em 2009 (o original é de 1962) e conta com 600 páginas.

2- Era do Capital

Capa do livro A Era do Capital

>> Compre na Livraria Saraiva (R$ 60,00)

O livro A Era do Capital [1848-1875] discorre sobre o período entre a “Primavera dos Povos”, em 1848, e a “Grande Depressão”, que teve início nos anos de 1870. É a história do triunfo global do capitalismo e de uma sociedade que acreditava encontrar o sucesso na livre iniciativa privada e na criação de um mundo de distribuição plena do material, da moral e do conhecimento. O livro foi lançado em 2009 (o original é de 1962) e conta com 540 páginas.

3- Bandidos

Capa do livro Bandidos

>> Compre na Livraria Saraiva (R$ 45,00)

O livro Bandidos explora as perspectivas políticas do banditismo e sua história no contexto do poder e do controle por parte dos governos e do Estado. O bandido social – Pancho Villa, Lampião, Robin Hood, entre outros – é explicado como um rebelde potencial: o elemento social que, estando fora do alcance do poder e sendo ele mesmo detentor de poder, resiste a obedecer. O livro foi lançado em 2010 (o original é de 1976) e conta com 254 páginas.

4- Era dos Impérios

Capa do livro A Era dos Impérios

>> Compre na Livraria Saraiva (R$ 60,00)

O livro A Era dos Imperios [1875-1914] faz uma análise dos anos que definiram o mundo no século XX, quando um longo período de paz, expansão capitalista e dominação europeia desembocou em guerra e crise. Integra a cultura, a política e a vida social das décadas que antecederam à Primeira Guerra Mundial, construindo uma interpretação estimulante e inovadora. O livro foi lançado em (o original é 1987) e conta com 608 páginas.

5- Era dos Extremos

Livro Era dos Extremos

>> Compre na Livraria Saraiva (R$ 67,00)

>> Compre na Loja Submarino (R$ 67,00)

O livro Era dos Extremos é um testemunho sobre o século XX. Seu tempo de vida coincide com a maior parte da época de que trata o livro, diz o autor na abertura, por isso durante muito tempo se absteve de falar sobre ele. O livro foi lançado em 1996 e conta com 598 páginas.

6- Os Trabalhadores

Capa do livro Os Trabalhadores

>> Compre na Livraria Saraiva (R$ 58,00)

O livro Os Trabalhadores contém diversos ensaios sobre questões e episódios de um campo no qual o autor é reconhecidos como uma das autoridades científicas: a história do movimento operário. São estudos que tratam das condições de trabalho na época da rainha Victoria, no século XIX, e os reflexos nos movimentos operários do século XX. O livro foi lançado em 2010 (o original é de 2000) e conta com 446 páginas.

7- Da Revolução Industrial ao Imperialismo

Capa do livro Da Revolução Industrial Inglesa ao Imperialismo

>> Compre na Livraria Saraiva (R$ 64,00)

O livro Da Revolução Industrial Inglesa ao Imperialismo mostra como a Revolução Industrial encerrou de modo definitivo o lento processo de mudança do feudalismo medieval para o capitalismo moderno. A substituição das ferramentas pelas máquinas, e, por conseguinte, da força humana pela força motriz, configurou um impacto desnorteador sobre os pilares da sociedade inglesa. O livro foi lançado em 2011 e conta com 349 páginas.

BÔNUS: Box das Eras-Revoluções+Capital+Impérios [1789-1914]

Os três livros estão sendo vendidos em um kit quase completo (não inclui Era dos Extremos) e, geralmente, com desconto. Para quem quer completar a coleção, sem gastar muito, é uma boa pedida!

Capa do box das Eras

>> Compre na Livraria Saraiva (R$ 135,00)

By | 2014-01-22T08:52:44+00:00 30 de dezembro de 2013|Categories: Livros|Tags: , , , |10 Comments

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

10 Comments

  1. Klaus do Iate 30 de dezembro de 2013 at 7:46

    O Bônus faz sentido porque Hobsbawn dizia que divisao de historia so faz sentido se for funcional e nao matematica. Assim haveria um longo (mais de 100 anos) seculo XIX (1789-1914). Ele um todo orgânico, onde o mundo se tornou um paraiso para o burgues. E um curto seculo XX (1914-1991) onde muitas certezas que vinham desde neolitico foram abaladas (campesinato, partriarcado…), verdadeiras inovacoes surgiram ( voz do estudante, da mulher, do meio ambiente e do operario), tudo isto regado com muito sangue. Bem diferente do longo seculo XIX, o curto seculo XX é um lugar onde o burgues tinha que caminhar sobre ovos,progredindo ainda em seus ganhos , mas nao tao a vontade.

  2. Klaus do Iate 30 de dezembro de 2013 at 7:49

    Barzun concordava com isto, mas era elitista comparado com o comunista Hobsbawn, e dizia francamente que tinha saudade do periodo pre1914. Hobsbawan se dedicou por muito tempo a este periodo, mas nao o via como apogeu de nossa civilizacao.

  3. Klaus do Iate 30 de dezembro de 2013 at 7:52

    Para mim, o melhor pedaço do era de extremos é quando ele delineia as pre-condicoes para que haja democracia.

  4. Michel Goulart 30 de dezembro de 2013 at 8:31

    Sensacional, um bom kick ass naqueles que acham que a história só deve ser interpretada sob a cronologia tradicional.

  5. Rita Avellar 15 de Fevereiro de 2014 at 16:14

    Querido Michel, você como sempre orientando e indicando o melhor para os alunos de todo Brasil. Sou sua fã incondicional. Por isso tomo a liberdade de citar mais um excelente livro de Hobsbawm – Tempos Interessantes – um livro autobiográfico. Nele há um paralelo da História com a vida pessoal de Hobsbawm que é instigante e comovente. Ele se utiliza de seus conhecimentos e sua inteligência para analisar e escrever sobre o que viveu e refletiu. Acho que também é um livro imperdível e não pode ficar de fora de sua coletânea. Um grande abraço,

  6. Michel Goulart 16 de Fevereiro de 2014 at 9:09

    Obrigado pelo carinho, Rita! Este livro do Hobsbawm, indicado por você, também é excelente!

  7. Leao1970 23 de Janeiro de 2016 at 23:23

    Parabéns aos site. Muito interessante seus comentários sobre Eric Hobsbawm, hostoriador importante de nossa época.

    Com sua permissão publiquei em meu blog para divulgação.

    Desejo sorte e PAZ

  8. GOOTTMBERGUE MANGUEIRA 18 de Maio de 2016 at 16:15

    Grande historiador, mas um comunista irredutível.

  9. Michel Goulart 18 de Maio de 2016 at 17:06

    Isso é verdade

  10. Mardonio de Castro Magno 24 de agosto de 2017 at 15:32

    Excelente estes livros com preço acessìvel.Livros bons para ler.

Leave A Comment