Documentário: O Príncipe, de Maquiavel

Home » Vídeos » Documentário: O Príncipe, de Maquiavel

O documentário: O Príncipe, de Maquiavel, da série Grandes Livros, da Discovery Channel, aborda uma das maiores obras literárias da História, escrita pelo filósofo e historiador italiano Nicolau Maquiavel. Trata-se de um dos tratados políticos mais importantes já escritos, e que tem papel crucial na construção do conceito de Estado como modernamente conhecemos.

[youtube id=”LUDOnaqziLo” width=”600″ height=”350″]

Alguns aspectos abordados

  • O Príncipe é um livro escrito por Nicolau Maquiavel em 1513, cuja primeira edição foi publicada postumamente em 1532. O que ele escreveu pode ser considerado um dos livros mais debatidos profundamente perturbadores e importantes da civilização ocidental.
  • Para alguns, era um verdadeiro guia para os tiranos e totalitários. Para outros, alternadamente, ele abriu o caminho para a tolerância étnica e religiosa, direitos individuais, o avanço e a restauração das repúblicas e, das democracias modernas.
By | 2015-05-13T15:24:37+00:00 13 de Maio de 2015|Categories: Vídeos|Tags: , , , , , |5 Comments

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

5 Comments

  1. José Arnaldo de Castro 13 de Maio de 2015 at 22:17

    “O Príncipe” ora abordado é um livro dedicado aos ditadores como o PT de Lula e Dilma

  2. Klaus do Iate 2 de junho de 2015 at 7:18

    Não. O Principe mostra os princípios que regem qualquer governo, porque a ética do Estado é diferente da ética do indivíduo. Somente hipócritas dirão que não governaria através deles.

  3. Klaus do Iate 2 de junho de 2015 at 7:22

    Maquiavel não criou coisa alguma, ele apenas descreveu o que se fazia e faz. Achou nojento? Muito simples: não seja político, não seja governante.
    Outra raposa bem mais prática menos teórica que Maquiavel, é o pai da Alemanha, Bismarck, que dizia: Se as pessoas soubessem como as salsichas e a política são feitas não desejariam nenhuma das duas.

  4. Antonio Marcos Nascimento Silva 11 de julho de 2015 at 11:18

    Isso mesmo, “Realismo amoral”, visto que não existe moral na realidade, sobretudo a política. Realidade apenas, Maquiavel transcreveu a política como ela é – e sem demagogias ou romantismo, a nervura do real, cru, duro e seco.

  5. Airton Foss 9 de Março de 2016 at 22:09

    Iniciei serviço social e Maquiavel foi um obra indicada grato pela atenção ate então

Leave A Comment