Nós que aqui estamos por vós esperamos

Home » Vídeos » Nós que aqui estamos por vós esperamos

No documentário Nós que aqui estamos por vós esperamos, Marcelo Masagão apresenta as memórias do século XX, em uma volta ao mundo através da arte, da economia, da política, da guerra, mas sobretudo das pessoas comuns que fazem a história.

Dados Técnicos

Diretor: Marcelo Masagão
Duração: 73 minutos
Ano: 1999
País: Brasil
Gênero: Documentário
Cor: Colorido

Veja Online

[youtube id=”-PXo5oGztiw” width=”600″ height=”350″]

Curiosidades

  • Para a produção do filme, o autor e diretor se inspirou na leitura do livro Era dos Extremos, do historiador Eric Hobsbawm.
  • O filme usa imagens de arquivo de filmes clássicos (Chelovek’s kinoapparatom, Un Chien Andalou, The General, Le voyage dans la lune, Berlin: Die Sinfonie der Großstadt), como fotos, pinturas, textos, entre outros.
  • A trilha sonora foi baseada na obra de Wim Mertens, um compositor e musicólogo belga. Mertens estudou ciências políticas e ciências sociais na Universidade de Leuven.
  • O título foi inspirado em um letreiro no cemitério na cidade de Paraibuna, no interior do Estado de São Paulo. Um texto semelhante pode ser visto em uma capela de Évora, em Portugal: “Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos”.
  • A produção do filme custou R$ 140.000,00, dos quais R$ 80.000,00 foi destinado para o pagamento de direitos autorais sobre as imagens e fragmentos de vídeos.
By | 2015-09-28T14:22:42+00:00 27 de setembro de 2015|Categories: Vídeos|Tags: , , |1 Comment

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

One Comment

  1. Manoel 28 de setembro de 2015 at 19:38

    Acredito ser este o melhor e não um dos melhores documentários que já assisti.Estou absolutamente absorvido por cada pequenas e grandes histórias aqui relatadas do cotidiano do homem comum, envolvidos pela força, nesse contexto trágico e real que o presente documentário nos apresenta. Ele é bom, muito bom…certamente me será de grande valor o uso do mesmo. Parabéns Marcelo Masagão. Parabéns Michel Goulart, por mais esse grande trabalho.

Leave A Comment