10 fatos da história da administração

Home » Curiosidades » 10 fatos da história da administração

Conheça 10 fatos da história da administração, área que trata da coordenação do esforço das pessoas para cumprir metas e objetivos, através do uso de recursos de forma eficiente e efetiva. Nesta direção, a administração está fundamentada em alguns pilares, como planejamento, organização e liderança.

Criei esta postagem devido ao pedido de um primo meu – estudante no curso de administração – que desejava conhecer um pouco mais a respeito da história de sua área de atuação. Como não negamos um desafio, o resultado está aí.

Algumas das obras citadas nesta postagem podem ser conferidas no box O Essencial da Estratégia, que inclui três obras essenciais para quem deseja conhecer mais sobre liderança e gestão.

Capa do box Essencial da Estratégia

>> Saiba mais <<

– Alguns pesquisadores consideram que a história da administração remonta à antiguidade. Nas civilizações escravistas, princípios da administração eram necessários na construção de obras públicas,  assim como na adoção de estratégias para motivar a mão-de-obra escrava.

– O sistema de administração teve impulso a partir da difusão dos algarismos indo-arábicos, entre os séculos V e XV; e o uso de sistemas de dupla entrada, a partir de 1494.

– A teoria militar de Sun Tzu, através da obra A Arte da Guerra, no século VI a.C., trazia princípios da administração. Estar sempre em alerta e conhecer os pontos fortes e fracos tanto dos aliados quanto dos inimigos são lições até hoje utilizadas por empresas em todo o mundo.

– Outros princípios administrativos podem ser observados nos chamados Guias de Governança (tradução minha de Mirror of Princes), como O Príncipe (1532), de Nicolau Maquiavel, que trazia lições de como o rei ou membros da realeza deveriam governar.

– A divisão do trabalho foi abordada por Adam Smith, no livro A Riqueza das Nações (1776), que tratou também de conceitos como alocação de recursos, aumento de produção e definição de preços.

Administracao-Henri-Fayol

Henri Fayol

– No decorrer do século XVIII e XIX, inventores como James Watt – criador da máquina a vapor, em 1776 -, Eli Whitney e Matthew Boulton desenvolveram conceitos como padronização, controle de qualidade e plano de trabalho.

– A partir de 1900, a administração passa a ser vista como uma ciência. Neste contexto, surgem obras como Ciência da Administração (1890?), de Henry Towne; Os Princípios da Administração Científica (1911), de Frederick Taylor; Psicologia da Administração (1914), de Lillian Gilbreth’s; entre outros.

– No Japão, a partir das reformas provenientes da Restauração Meiji (1868-1912), Yoichi Ueno introduziu o taylorismo no país e se tornou o primeiro consultor de administração daquilo que é conhecido como “estilo de administração japonês”.

– As primeiras teorias da administração surgiram a partir de 1920, sendo que, em 1921, foi oferecido, pela Escola de Economia de Harvard, o primeiro Master of Business Administration (MBA). Neste período, Henri Fayol e Alexander Church descrevem os diversos ramos da administração.

– A interdisciplinaridade da administração, no início do século XX, ficou evidente a partir de nomes como Walter Scott, que aplicou princípios da psicologia; Max Weber, que aplicou princípios de sociologia; e Ronald Fisher, que introduziram técnicas estatísticas na administração.

By | 2015-12-07T15:35:10+00:00 7 de dezembro de 2015|Categories: Curiosidades|Tags: , , |0 Comments

About the Author:

Professor, historiador e blogueiro, já trabalhei em algumas das maiores escolas públicas e particulares de Santa Catarina. Comecei a lecionar em 2001, sempre preocupado com um ensino caracterizado pela criatividade e inserção de novas tecnologias e metodologias variadas em sala de aula.

Leave A Comment